Jundiaqui
Jundiaqui

Maxi recebe a primeira edição da Mostra Mundi

Jundiaqui
2 de outubro de 2017
Shopping de Jundiaí tem artesanatos de sete países à venda a partir de quart

Artesanatos diversos e artigos exóticos traduzidos em riqueza de detalhes, cores variadas e materiais diferenciados são alguns dos atrativos do Mostra Mundi, que será realizada na Praça das Bandeiras do Maxi Shopping, entre os quarta-feira (4) e 29 de outubro.

O artesanato e as peças decorativas são provenientes de sete países: Índia, Paquistão, Filipinas, Emirados Árabes, Turquia, Peru, França, e prometem surpreender os visitantes com destaques que traduzem a cultura de cada local.

A mostra é uma oportunidade para aprender um pouco mais sobre a cultura dos países participantes e sobre o significado de alguns itens. Todo o acervo exposto estará à venda.

“Os visitantes serão envolvidos no universo de cada povo, proporcionando um grande intercâmbio cultural, além da oportunidade de adquirir peças originais dos países”. A Mostra Mundi é uma parceria do Maxi Shopping com a Korkmaz Arts & Crafts, que há oito anos desenvolve e organiza eventos no setor de artesanato internacional.



Artesanatos em destaque:

Emirados Árabes - sandálias, babuches feitos com couro de camelo, bolsinhas, almofadas, bordados em cristais e bordado zinsane integram a seleção de peças exclusivas vindas do país.

Filipinas - a tradicional madrepérola do artesanato Filipino ganha nobreza em peças exclusivas e versáteis, desde utilitários a acessórios.

Índia - Madeira entalhada à mão valoriza as diversas peças decorativas indianas, incluindo caixinhas, portas-incenso, gramofones antigos e mesinhas, alguns em finos detalhes de bronze cravejado dentro da madeira. Também chamam atenção, as tradicionais peças feitas em patchwork como almofadas mantas e pashiminas.

Paquistão - artigos em pedra ônix branca, no trabalho à mão, expresso em vasos de estanho entalhado, artigos de madeira entalhada e tapetes de lã ou seda.

Peru - a excelência do artesanato peruano ganha forma em talhas de madeira e também em peças em prata, miniaturas coloridas em cerâmica, que caracterizam cenas típicas no país, além dos desenhos geométricos e harmônicos que adornam tecidos, espelhos e metais. Os artesãos peruanos contemporâneos continuam mantendo as tradições, os desenhos sofisticados e as técnicas intrincadas, herdadas das civilizações pré-colombianas. O Peru vai apresentar ainda bolsas e poncho com a lã da lhama.



Turquia - porcelanas pintadas à mão provenientes da cidade de Iznik e Kütahya. Luminárias em murano colorido e o famoso olho turco, um amuleto usado na cultura turca, na qual se acredita que traga proteção contra mau olhado.

França – caixas de madeira sustentável confeccionadas de forma artesanal, forradas com tecidos, papel, e diversas outras composições trazidas pela Oficina do Baú, um trabalho feito por descendentes franceses no Brasil, que estão no Estado do Paraná desde a época Imigração que aconteceu entre os anos de 1850 e 1865. A famosa técnica de forração francesa foi passada de geração para geração, e continua difundindo essa arte, tornando-a um meio de sustento e gerando empregos.

Av. Antonio Frederico Ozanan, 6000 – Vila Rio Branco.

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

W.O. do Mogi Mirim simboliza muita coisa

Por Rafael Porcari

Jundiaí é 13º melhor destino rural do Brasil, aponta Expedia

Gigante de viagens on-line lista 21 destinos, vários deles do Circuito das Frutas

No Arraiá do La Bella Arte é só alegria

Escola de dança mantém a tradição de festejar o fim do primeiro semestre com um bela festa

Sucesso e fracasso deixam pistas

Por Marcel Capretz
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.