Jundiaqui
Jundiaqui

Miguel Haddad tem direito a salário extra na despedida de Brasília

Jundiaqui
1 de janeiro de 2019
Mesmo sem conseguir reeleição, ele recebe uma ajuda de custo de R$ 33,7 mil do Congresso

No Brasil é assim: no início e no fim do mandato, cada membro do Congresso Nacional tem direito a receber o equivalente a um salário extra, algo hoje na casa de R$ 33,7 mil, como ajuda de custo para arcar com gastos de moradia e transporte. É o que receberá o jundiaiense Miguel Haddad (PSDB), que se despede do cargo de deputado federal. Se tivesse sido reeleito, receberia em dobro, por sair e entrar...

Haddad ficou em 53º entre todos os candidatos, uma boa colocação, mas não fez o suficiente para seguir na Câmara Federal - é suplente -, na qual chegou em 2014. Os eleitos tomam posse em 1º de fevereiro.

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

“Muito Barulho por Nada”

Pelo Dr. Didi

Deus te livre…

Os tempos mudaram, as tradições do jundiaiense se esvaíram com o progresso, mas a língua… Por Wagner Ligabó

Kekerê vai às ruas e reafirma seu papel cultural

Bloco atrai milhares de pessoas e mostra que Jundiaí ama o Carnaval

Witzel é eleito no Rio e Jundiaí tem seu 1º governador da história

Ex-juiz federal que viveu aqui até os 19 anos vence a disputa pelo governo carioca com folga
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.