Jundiaqui
Jundiaqui

Vacina contra febre amarela deixa de ser exigência no Clube Jundiaiense

Jundiaqui
14 de janeiro de 2018
Depois de mais de 70 dias, não é mais necessário apresentar comprovante de vacinação para entrar na sede de campo



 

O Clube Jundiaiense deixa de exigir de seus associados e convidados o comprovante de vacinação contra a febre amarela, medida que entrou em vigor no dia 1º de novembro de 2017.

A ação foi adotada para os frequentadores da sede de campo, localizada na rodovia Vereador Geraldo Dias, no Parque Centenário, apontado até então como uma área de risco para febre amarela.

A liberação aparece em um outdoor que traz "assinatura" conjunta da diretoria do CJ e da Unidade de Vigilância de Zoonoses de Jundiaí.

Entre os que comemoraram a decisão está Val Junior, que vai promover duas festas de Carnaval ali, dias 3 e 12 de fevereiro com o seu Chupa que é de Uva.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

A violinista no teatro

Maria Fernanda Krug é convidada especial da Orquestra Municipal de Jundiaí

Koh Samui em noite de boa música e parabéns a Aloísio Einer Peres

Renato Viana cantou e tocou teclados acompanhado do violonista Décio Scalle

Milton Leite lembra dos tempos de Jundiaí em jogo da seleção

“Imagina se fosse as ganha” fala narrador do SporTV para dizer que de amistoso não tinha nada em Londres nesta sexta

Cristian Ribera, do Peama, é Atleta do Mês das Américas

Esquiador que treina em Jundiaí venceu com a ajuda dos votos pela internet
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.