Jundiaqui
Jundiaqui

Vacina contra febre amarela deixa de ser exigência no Clube Jundiaiense

Jundiaqui
14 de janeiro de 2018
Depois de mais de 70 dias, não é mais necessário apresentar comprovante de vacinação para entrar na sede de campo



 

O Clube Jundiaiense deixa de exigir de seus associados e convidados o comprovante de vacinação contra a febre amarela, medida que entrou em vigor no dia 1º de novembro de 2017.

A ação foi adotada para os frequentadores da sede de campo, localizada na rodovia Vereador Geraldo Dias, no Parque Centenário, apontado até então como uma área de risco para febre amarela.

A liberação aparece em um outdoor que traz "assinatura" conjunta da diretoria do CJ e da Unidade de Vigilância de Zoonoses de Jundiaí.

Entre os que comemoraram a decisão está Val Junior, que vai promover duas festas de Carnaval ali, dias 3 e 12 de fevereiro com o seu Chupa que é de Uva.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Divino deixa o basquetebol feminino de Jundiaí, uma pena!

Luis Cláudio Tarallo conta que foram vinte tentativas frustradas de manter a equipe e se preocupa com as atletas

Contação de histórias tem empurrão do Homem de Ferro

É no Sesc Jundiaí, com direito a um encontro com a Ladybug

Giulia Vicente é Jundiaí em novo programa do Multishow

Menina de 11 anos foi selecionada entre cerca de 800 concorrentes e vai ao ar junto com Eduardo Sterblitch

Justiça do Trabalho põe estádio do Paulista em leilão novamente

Lances são esperados até 24 de novembro, sendo o mínimo de R$ 17,55 milhões
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.