Jundiaqui
Jundiaqui

“Você bebe e vem aquele sabor de Globo Rural”

Jundiaqui
11 de abril de 2018
Na Terra da Uva, rúcula é quem pode trazer prêmio ao Haules. Confira a receita finalista do concurso de caipiroska

A rúcula saltou do prato de salada para o copo e coloca o Bar do Haules entre os 12 finalistas em concurso nacional da Smirnoff. Neste domingo (15), a marca de vodka escolhe a melhor caipiroska do país, numa final em que a bebida de Jundiaí aparece como a mais surpreendente, com a mistura da verdura ao limão, açúcar, vodka e gelo.

Até novembro do ano passado, a Capiroska de Rúcula era conhecida apenas pelos frequentadores do bar da Vila Arens, que se inscreveu no concurso entre mais de quatro mil concorrentes do Brasil. Ficou entre os 200 mais votados pela internet e avançou para a final misturando outra vez votos on-line da galera com boas notas. Um juri técnico avaliou e disse sim à originalidade, sabor e apresentação - mesmo em copo plástico (foto abaixo de Alexandre Chang, reprodução internet).

O Haules vai encarar na decisão principalmente vizinhos de São Paulo. Da capital concorrem o Bar Estrela da Matriz com sua receita de caju e limão siciliano e a Pizzaria Meime, com drink a base de tangerina, maracujá e manjericão. Do ABC: o Botequim Carioca, de Santo André, com sua caipiroska de banana com limão e canela e o Boteco Adoniran, de São Bernardo do Campo, com sua versão que leva limão siciliano, açúcar, melaço de cana e gelo de garapa de cana.

Já do interior, disputa com o Senhor Boteco, de Jaboticabal, com sua caipiroska de abacaxi, manjericão, gengibre, açúcar orgânico e picolé de tangerina; e o Bar do Maurélio, em Barra Bonita, com uma caipirinha tradicional feita com limão e açúcar. De Santos são dois finalistas: o Esquina do Chopp, com sua caipiroska que leva abacaxi, tangerina, maracujá, physalis e gengibre; e o Original Co. Burger, cuja criação é feita a partir de limão siciliano e cereja marasquino.

Ainda entre os finalistas, estão ainda o Tribus Bar, do Balneário Camboriú, Santa Catarina, com versão feita com limão, morango, abacaxi e kiwi; e os paranaenses Deck Bar, em Londrina, com garapa e limão rosa, e Baco, em Maringá, com limão siciliano, limão tahiti e xarope de rapadura.

A final de domingo será no Vila Butantan, à rua Lemos Monteiro, 206, Butantã, São Paulo, entre 13 e 19 horas. O trio abaixo (fotos de Maria Fernanda Cerioni) provou, aprovou e brincou com a bebida: "Você bebe e vem aquele sabor de Globo Rural"...

R$ 12,00

A Caipiroska de Rúcula do Haules custa R$ 12,00 com vodka e R$ 10,00, com cachaça. Só é vendida para maiores de 18 anos. Eis a receita...

INGREDIENTES:
1 limão
6 folhas de rúcula (metade com talo)
8 colheres pequenas de açúcar
80 ml de vodka ou cachaça
Gelo

PREPARO:
Esprema o limão na coqueteleira e adicione a rúcula. Macere com o socador de madeira a rúcula, até que esta se despedace. Adicione o açúcar, a vodka e o gelo. Bata, coe e sirva.



VERSATILIDADE

A rúcula é o que se pode chamar de verdura versátil. Extremamente saudável, a folha verde escura é uma excelente alternativa para incluirmos importantes nutrientes nas mais diversas receitas, inclusive de bebida. Tem uma sabor levemente amargo e aroma bem característico. Além de ótima na salada, pode ir parar no lanche, em massas - como pizza - e no suco também.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Site de joias ajuda Grendacc com 15% do valor das vendas

Luxoos firma parceria para ajudar Hospital da Criança

Santa Angela facilita a compra do seu apartamento e mercado reage

Construtora abre negociação especial para o Myriad Parque Residencial Clube, no Engordadouro

Jundiaí tem o terceiro m² mais caro do Estado

Fica atrás somente da Capital e de Campinas, empatando com Santos

Coração

Wagner Ligabó lembra que palavra aparece 876 vezes na Bíblia Sagrada
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.