Jundiaqui
Jundiaqui

Câmara de Jundiaí: pura perda de tempo

Jundiaqui
31 de março de 2018
Por José Vivaldo Breternitz, do blog Jundiahy Antiga


Não é de hoje que nossa Câmara Municipal perde tempo discutindo e votando requerimentos e moções cuja utilidade é nula: na reunião de 1º de agosto de 1900, os vereadores aprovaram uma moção de pesar pelo assassinato de Umberto I, rei  da Itália.



O rei, cujo nome completo era  Umberto Rainerio Carlo Emanuele Giovanni Maria Ferdinando Eugenio di Savoia foi morto a tiros por um anarquista em 29 de julho daquele ano, aos 56 anos de idade; já havia sofrido um atentado anteriormente.


Mas as coisas não pararam por ai: quando o Presidente Kennedy foi morto, nossos vereadores também aprovaram moção semelhante.  Imaginemos quanto tempo, papel e tinta foram gastos com inutilidades dessa espécie...

Jundiaqui
Você vai
gostar de

“A Ira de Narciso” é um obsessivo jogo de interrogações

Do dramaturgo uruguaio Sergio Blanco, vem ao Sesc sábado com o ator Gilberto Gawronski

Aniversariantes agitam noite dos namorados do Natura

Muitos casais dançaram ao som de Almir e Andréa e também festejaram idade nova de Cris e Vera

“Revista Japy” tem lançamento nesta sexta

São 64 páginas de diversos artistas e com tema “Tudo é finito”

Endívias assadas com presunto

Por Paulo de Luna
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.