Jundiaqui
Jundiaqui

Caminhe e ajude a colocar a Estaçãozinha nos trilhos do futuro

Jundiaqui
27 de maio de 2019
Vai ser na manhã de quarta, um passeio que servirá de teste para a criação de roteiro a pé pela história ferroviária de Jundiaí



Na quarta-feira (29), Jundiaí promove o que se pode chamar de primeiro teste de “caminhada ferroviária”. Ao invés de avenidas ou parques, o convite é para que as pessoas andem nos trilhos abandonados entre a Estaçãozinha e o Complexo Fepasa.

A saída é das ruínas da Estaçãozinha, patrimônio castigado por um incêndio em julho de 2018 e que agora foi passado em concessão ao Instituto Envelhecer pelos próximos 20 anos e que ganhará obras em breve.

A ideia de se criar um roteiro a pé pela história ferroviária de Jundiaí vai ajudar na divulgação da campanha para recuperação do prédio que prédio que foi o marco número 1 da Cia Paulista de Estradas de Ferro.

O chamamento de Eusébio dos Santos, que comanda o Instituto Envelhecer, é com saída às 8h30, em caminhada sem correria e com muita conversa sobre que rumos a Estaçãozinha deve tomar no futuro. O passeio vai até o antigo obelisco da fachada principal da Companhia Paulista com retorno por dentro das antigas oficinas. Recomenda-se tênis, roupa leve e água. A proposta desse “piloto” surgiu em conversa com o Tour Jundiahy, com previsão de duração máxima de três horas.

Além das ruínas da Estaçãozinha e do obelisco, outros pontos devem chamar a atenção no trajeto como o local da antiga fundição ou a área em que atuava o diretor Jayme Cintra, entre outros. No caminho também está o museu, salvo por ferroviários voluntários na virada do século, antes da municipalização, e a locomotiva Nº 1, ambos já dentro do Complexo  Fepasa.

Os roteiros de caminhada são comuns em cidades de países como Itália, França ou Portugal e em algumas cidades brasileiras, servindo também a fins educativos.

Eis algumas fotos de Edu Cerioni para que você se inspire a também registrar tudo o que verá pelo caminho...

Jundiaqui
Você vai
gostar de

DIA DA MULHER \ Eloísa Mafalda soma mais de 40 personagens na TV

Ela nasceu em Jundiaí e adotou o nome artístico para brilhar nas novelas

Jundiaienses de “É Tudo Família” recebem Prêmio APCA

Peça do Grupo Catarsis venceu como Melhor Espetáculo de Texto Adaptado no teatro infanto-juvenil; também Carla Candiotto brilhou

O futebol arte e o resultado no futebol

Por Luis Cláudio Tarallo

Big motos, grandes sonhos agora em preços mais reais

Modelos Harley-Davison e Honda têm suas tabelas reajustadas para baixo
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.