Jundiaqui
Jundiaqui

Casa Independência deu lugar ao primeiro “arranha-céu”

Jundiaqui
21 de agosto de 2018
Por Vivaldo José Breternitz, do blog Jundiahy Antiga

A Casa Independência foi uma tradicional casa comercial de nossa cidade, fundada em setembro de 1922 por Nicolau Carderelli.

O anúncio abaixo, dos anos 1930, publicado pela revista "Sultana", que era editada em nossa cidade, mostra um pouco do que era vendido pela Independência: roupas, calçados, tecidos, "chapéos", armarinhos, perfumaria etc.

Muito interessante a informação de que o atendimento poderia ser feito em outros idiomas; não devia ser um atendimento muito eficiente, pois as menções a todos os idiomas estão erradas, em especial o "Esplek Inglis"...

A foto da fachada, lá no alto desta página, mostra como Carderelli era agressivo em termos de propaganda: falava em "grande queima", "tudo pelo preço de custo", "preços fixos" etc...

A loja situava-se na esquina da Rua Barão de Jundiaí com a então Praça Independência, hoje Praça Governador Pedro de Toledo, em frente da Matriz.

A Casa Independência, depois de deixar seu endereço original, ocupou um espaço bem menor na Rua Barão de Jundiaí.

Imponência

O imóvel original foi demolido e no terreno foi construído aquele que é considerado o primeiro grande prédio da cidade, o Edifício Carderelli, que tem como autor do projeto o arquiteto Vasco Antonio Venchiarutti, e na construção teve também a participação do construtor Giácomo Venchiarutti e do engenheiro Odil Campos Saes - a foto abaixo é da época da inauguração do edifício.

De estilo modernista foi inaugurado em 1950; com quatro andares e elevador, foi considerado, na época, um verdadeiro "arranha-céu" no centro da cidade.

O edifício, originalmente de uso residencial, hoje abriga escritórios e consultórios médicos. O prédio, que mantém o nome do antigo proprietário, Nicolau Carderelli, hoje tem o pavimento térreo ocupado por uma loja de calçados.

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Enfim, mais uma batalha vencida!

Por Verci Bútalo

Dois jundiaienses do exército inglês morreram na 1ª Guerra Mundial

São os irmãos Paul e Leonard Hammond, nascidos aqui e abatidos na França

“Flashback Night” coloca três bandas da pesada no palco do Uirapuru

Vão tocar no sábado Studio 54, Reprise Inédita e Soul Boogie Orchestra, a partir das 21 horas

A crise tricolor não é simples

Por Marcel Capretz
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.