Jundiaqui
Jundiaqui

Celular na mão? Aqui você vai voltar pra fila da telefonista décadas atrás

Jundiaqui
27 de novembro de 2017
Vivaldo José Breternitz mostra a reclamação de vereador porque a cidade tinha só 33 ramais para ligação interurbana



Vivaldo José Breternitz - do blog Jundiahy Antiga

O sistema DDD - Discagem Direta a Distância -, que permite que façamos ligações entre localidades diferentes simplesmente discando o prefixo da região chamada e o número do telefone com que pretendemos nos conectar, chegou a Jundiaí em meados dos anos 1970.

Antes disso, precisávamos discar 01 e pedirmos à telefonista que fizesse a ligação; era um serviço extremamente precário, e como dizem os comentaristas de futebol, "uma caixinha de surpresas": a ligação podia ser feita imediatamente, dentro de algumas horas ou simplesmente não acontecer.

Havia um serviço chamado "interurbano com hora marcada", em que se pedia a ligação para uma determinada hora, do dia seguinte! Evidentemente, as tarifas eram diferenciadas.

As empresas tinham problemas: a CICA, por exemplo, para falar com sua filial de Monte Alto (distante cerca de 300 km), usava um sistema de rádio...

As dificuldades (e prejuízos) eram óbvios, o que levou o então vereador Hermenegildo Martinelli a solicitar providências à operadora, a Cia. Telefônica Brasileira. No requerimento em que pedia essas providências, o vereador mencionava a existência de 33 canais para ligações interurbanas - eram possíveis apenas 33 ligações ao mesmo tempo, sempre usando os tradicionais telefones pretos!



Felizmente, isso é passado.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Te odeio, Carmenere

Por Tiago Ribeiro

Tem princesa que cria piolho no Complexo Fepasa

Espetáculo inspirado em conto do folclore tem entrada gratuita nesta quinta

Prêmios pra todos os que forem ao Casa Cica nesta terça

Parceiros do JundiAqui capricharam nos presentes que serão sorteados na festa dos 3 anos

Papai Noel: essa alegria que contagia nosso Natal

No Centro, no Maxi e no JundiaíShopping eles fazem a alegria do jundiaiense
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.