Jundiaqui
Jundiaqui

O livro das memórias do Erazê

Jundiaqui
8 de novembro de 2018
"Um Beijinho do Erazê" tem organização de Sumara Mesquita e levou 12 anos para ser publicado

O lançamento do livro "Um Beijinho do Erazê", todo de autoria do publicitário, político e criador do bloco de Carnaval Refogado do Sandi, será dia 1º de dezembro, a partir das 14 horas, no restaurante Koh Samui. Com organização da jornalista Sumara Mesquita, tem publicação pela Editora In House.

São memórias sobre diferentes assuntos, poesias, letras de sambas e outros textos que Erazê deixou - ele mesmo começou a rascunhar esse livro de memórias.

Erazê, que dá nome à praça no entorno da Ponte Torta, inaugurada em 2015,  foi o primeiro eleito do PT em Jundiaí. Erazê era um publicitário de sucesso que se tornou referência como vereador e entrou para a história do nosso Carnaval.

Trabalhou em algumas das maiores agências de propaganda do País e ajudou a fundar jornais e revistas. Escreveu o livro "Carlito Maia - a Irreverência Equilibrista" e lançou junto com Sandro Vaia e Antônio Araújo Vieira "Crônicas de 2ª (com Pufs! de primeira)".

Foi candidato a prefeito em 1976, pelo antigo MDB. Pelo Partido dos Trabalhadores se elegeu três vezes seguidas como vereador – de 1983 a 1996. Morreu em 1º de abril de 2006.

Aqui um de seus poemas...



 

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Sem hora

Por Valquíria Malagoli

“Fim de linha”

Por Wagner Ligabó

Cabia mais gente para aplaudir as crianças da Amarati

Jogo da Estrelas no Jayme Cintra é cercado de emoção e solidariedade

Passa-se o ponto

Por Valquíria Malagoli
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.