Jundiaqui
Jundiaqui

Estaçãozinha em ruínas volta ao alcance dos olhos, um pedido de socorro

Jundiaqui
12 de novembro de 2018
Grupo faz nova ação em nome da restauração do prédio histórico que foi consumido por incêndio

O sábado (10) marcou nova ação do grupo de preservação da Estaçãozinha de Jundiaí, que promoveu o corte do mato no entorno das ruínas da antiga estação de 1898 que sofreu com um incêndio há algumas semanas.

O trabalho durou cerca de uma hora, permitindo que a fachada da Estaçãozinha da Companhia Paulista voltasse a ser visível para quem passa pela avenida União dos Ferroviários. Um alerta do abandono e da necessidade de sua restauração.

A campanha “Estaçãozinha Pede Socorro” conta com o apoio de ex-ferroviários, estudantes, professores, advogados, arquitetos, jornalistas e outros que atenderam o chamado de Eusébio dos Santos, da Associação de Preservação da Memória da Companhia Paulista.

O corte do mato teve uma oração antes do trabalho e depois dança cigana.Próximos eventos: nesta terça-feira (13) acontece a entrega de telha simbólica ao Compac no Complexo Fepasa, um jeito de trazer o conselho do patrimônio junto com o grupo. Já no dia 1º de dezembro, haverá caminhada histórico-educativa entre o Sebo Jundiaí e a Estaçãozinha. No dia 22, será feito uma comemoração natalina nas rúinas.

Fotos: Ana Lúcia Soares/Colaboração
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Lais Souza traz a Jundiaí sua lição de vida dentro do Sesc Verão

Outros convidados que vêm para cá são Leandrinho, Fernanda Keller e Adriele Silva, entre outros

Quando um terço da população jundiaiense era formada por escravos

Por José Arnaldo de Oliveira

Artistas fazem coletiva na Pinacoteca

Marco Antonio Scarelli e outros expõem suas obras a partir desta sexta

Nem todo super-herói tem capa

Por Kelly Galbieri
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.