Jundiaqui
Jundiaqui

Rock perde Miranda, parceiro de jundiaiense no “Banguela Records”

Jundiaqui
23 de março de 2018
Produtor musical morre aos 56 anos; ganhou fama como jurado de "Ídolos", no SBT

Ele nunca tocou, mas Carlos Eduardo Miranda está na história do rock nacional. Agora, virou memória: ele faleceu na noite desta quinta-feira (22), aos 56 anos, em São Paulo.

Miranda, que esteve no Sesc Jundiaí em junho passado, durante o FEstival Amplifica, ganhou fama nacional ao participar como jurado do programa “Ídolos”, no SBT. Para os músicos, foi muito mais: um produtor fera que ajudou a criar nos anos 90 o selo Banguela Records, que viria a revolucionar o rock nacional lançando material de bandas como Raimundos, Skank, Chico Science e Planet Hemp.

A paixão pelo rock aproximou muito Miranda de um jundiaiense, o jornalista Ricardo Alexandre. Ambos trabalharam na extinta revista "Bizz" e fizeram um documentário sensacional que se chama "Sem Dentes: Banguela Records e a Turma de 94".



 

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Amor que se doa

Kelly Galbieri escreve sobre o milagre da vida promovido em sua família por um doador de órgão

De volta ao futuro, o legado de Venâncio

Por José Arnaldo de Oliveira

Morre J. Hawilla, “cidadão jundiaiense”, e dono da TV TEM

Ele também foi o criador do jornal “Bom Dia”, que circulou na cidade entre 2005 e 2014

Inos Corradin é um brinde à criatividade

Artista que faz parte do Amigo Secreto do JundiAqui ganha homenagem da FMJ
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.