Jundiaqui
Jundiaqui

Rock perde Miranda, parceiro de jundiaiense no “Banguela Records”

Jundiaqui
23 de março de 2018
Produtor musical morre aos 56 anos; ganhou fama como jurado de "Ídolos", no SBT

Ele nunca tocou, mas Carlos Eduardo Miranda está na história do rock nacional. Agora, virou memória: ele faleceu na noite desta quinta-feira (22), aos 56 anos, em São Paulo.

Miranda, que esteve no Sesc Jundiaí em junho passado, durante o FEstival Amplifica, ganhou fama nacional ao participar como jurado do programa “Ídolos”, no SBT. Para os músicos, foi muito mais: um produtor fera que ajudou a criar nos anos 90 o selo Banguela Records, que viria a revolucionar o rock nacional lançando material de bandas como Raimundos, Skank, Chico Science e Planet Hemp.

A paixão pelo rock aproximou muito Miranda de um jundiaiense, o jornalista Ricardo Alexandre. Ambos trabalharam na extinta revista "Bizz" e fizeram um documentário sensacional que se chama "Sem Dentes: Banguela Records e a Turma de 94".



 

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Feriados

Por Lúcio Dutra

Professor Guedes é reverenciado em seus 80 anos

Tem recital de Fábio Zanon e outros ex-alunos nesta noite de quinta no Solar

Sem título

Por Valquíria Malagoli

Agenda, caderno e outros trabalhos manuais à venda no Maxi

São feitos em papel e toda a renda vai para a Fundação Cintra Gordinho
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.