Jundiaqui
Jundiaqui

A hora de decidir

Jundiaqui
22 de setembro de 2018
Por Guaraci Alvarenga

Passadas as emoções de mais uma Copa do Mundo frustrada, não podemos nos frustrar com um evento mais importante: as eleições de outubro.

Sei que o exercício de agradar a todos não é missão fácil. A prova disto está aí, na árdua campanha de se eleger a um cargo de deputado, seja estadual ou federal.

Em Jundiaí, já se anunciaram vários nomes. A cidade tem contingente de eleitores para se fazer presente com quatro ou cinco representantes nas duas Assembleias Legislativas.

Há partidos políticos fortes. Candidatos com qualidade. E você há de me perguntar: o que falta, então? Porque será que nomes de candidatos de fora de nosso ambiente eleitoral, que nunca fizeram nada por nossa terra, alcança quantidade de votos a fazer inveja até aos mais incrédulos?

Sabemos que candidatos mais próximos estão expostos, com maior facilidade ao crivo da opinião dos eleitores. Mas como entender, que outros mais distantes, ao nosso convívio, não passam pelo mesmo teste de avaliação?

Por isso temos que apostar em nomes que conhecemos, pois só eles podem contribuir mais com o desenvolvimento da região. Não se preocupem com o acerto ou o engano.

Os eleitos vão perceber, em pouco tempo, que as continências e as mesuras do mandato se tornam rotina, e se quiserem ter vida longa, sobra tão somente a imensa responsabilidade de jamais errar: trabalhar pela cidade que o elegeu.

Embora intuitivamente se possa reconhecer um bom político, não é fácil definir o que ele é. Mas creiam e se permitam a uma reflexão sobre a essência de um homem público: ele tem que estar voltado para as necessidades do eleitorado de sua cidade.

Mas em todo o caso, em qualquer caso, chega de votar em forasteiros, que nada fazem por nosso município e só se lembram da região para pedirem votos.

Temos por obrigação, até por dever e amor a esta terra, votar e eleger  representantes de nossa cidade.

Queremos sim, gente nossa, candidatos que possa se comprometer com a evolução do município, trazendo os recursos estaduais e federais para nosso engrandecimento.

Ainda permanecem nas gavetas de órgãos públicos aspirações legítimas de nossa população como as universidades federal e estadual, polícia federal e ministério público federal, reforma do acesso na entrada principal da cidade, o parque na Serra do Japi, investimentos na área de mobilidade urbana e tantos outros projetos de âmbito federal e estadual.

Está na hora de enxotar estes embusteiros de outras plagas que nada fazem por Jundiaí. Vote consciente. Vote pela cidade. Vote em candidatos de nosso município.

Guaraci Alvarenga é advogado
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Manhã frugal

Por Valquíria Malagoli

A terra de Angelina Zambelli

A ceramista e artista plástica se reinventa na exposição “Solos”, mostra Cláudia Bergamasco

E a ursinha Marsha, calorenta, não virá mais para Jundiaí

Decisão de trazê-la para cá foi suspensa e ela segue em zoo do Piauí

Dia 16 tem Almoço Mineiro da Apae no novo Espaço Brunholi

Convites estão à venda; quem vai comanda a cozinha é o chef Tom Nando
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.