Jundiaqui
Jundiaqui

Para entender

Jundiaqui
17 de agosto de 2018
Por Douglas Mondo

Com força e truculência não se acaba com o Estado. O Estado existe e existirá! O voto livre e soberano só existe na democracia. Até como forma de protesto!

O que se quer, face a desesperança, é mudar a representação perante o Estado.

Para administrar o Estado é preciso ter políticas públicas e implementá-las juntamente com o Legislativo. Na democracia um não vive sem o outro.


Democracia representativa é falha, mas é assim por falta de participação popular que não interage com o Estado para otimização do erário, em prol do bem comum.

Tem que se lutar por desenvolvimento de democracia participativa e não por administração do Estado com truculência e pouco cérebro. Isso é suicídio democrático!

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Rotary Club de Jundiaí Leste festeja 50 anos com novo presidente

Claudio Garcia Gomes é o 45º a assumir o comando da entidade; conheça todos os que já passaram pelo comando 

Há muito a ser feito

Por José Renato Nalini

Os cantos do Japy

Por José Arnaldo de Oliveira

“Simulacron” leva arte fotográfica de João Borin à Pinacoteca

Exposição fica em cartaz até dia 28 de novembro, com entrada gratuita
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.