Jundiaqui
Jundiaqui

Presença superior em nossas vidas

Jundiaqui
16 de abril de 2019
Por Wagner Ligabó

É curioso pensar que nos momentos de desespero, nossa última cidadela, fato comum mesmo a ateus e agnósticos, o que de imediato se invoca é um clamor em súplica onde a frase mais ouvida é “Deus me ajude”. Quer queiram ou não a lembrança do mistério divino é onipresente a todo instante em nossas vidas. Não há como contestar.

Nesta Sexta-Feira Santa me alegra lembrar que desde garoto ouço minha mãe em concentração máxima e fé inabalável rezar em alta voz, por cem vezes, a oração do santo sepulcro em dialeto italiano, tradição familiar aprendida com seu pai, meu avô Iginio Perondi. O poder da oração tem suas dádivas familiares que ela, bem como nós, acreditamos piamente. Somos felizes e abençoados.

Me eleva o espírito relembrar o que disse Einstein: “Temos de fazer o melhor que podemos. Esta é a nossa sagrada responsabilidade humana.”

Engrandece a vida também exortar a mais pura verdade na frase do cientista Aldous Huxley: “ Os mártires penetram na arena de mãos dadas; mas são crucificados sozinhos.”

E desejando a todos momentos de sincera reflexão,  concentrados na importância da morte e ressurreição de Cristo, relembro suas palavras: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim nunca morrerá.”

Sejamos como o que entendemos por algo maior denominado Deus e que possamos sentir o amor que Ele dedicou a seu Filho quando este venceu a morte. Aqui reside o segredo e o mistério da fé.

Deus existe? Conforta acreditar que sim. Então, que assim seja!

Um consagrado final de semana aos amigos!

Wagner Ligabó é médico cardiologista e vereador

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Nem só dinheiro

Por José Renato Nalini

Futuro sombrio

Por Douglas Mondo

Aposentados da Caixa em Jundiaí fazem festa em pleno 5º dia útil

Dezenas de ex-gerentes bancários se reuniram nesta sexta para colocar o papo em dia

DAE 50 anos

É de 1969 o maior impulso na área de abastecimento e saneamento básico de Jundiaí
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.