Jundiaqui
Jundiaqui

Seu deputado vale pouca coisa

Jundiaqui
3 de setembro de 2018
Por Douglas Mondo

Legislativo Brasileiro (aprenda como funciona)

Quando você fala que vai eleger seu deputado, estadual ou federal para representar a sua cidade, é bom você saber como funciona na prática.

Esse Poder, o qual chamamos de “Legislador”, na verdade é um balaio de gatos com proprietários específicos de mando e poder e que direcionam para onde o país caminha.

O seu deputado – chamado de Baixo-Clero – porque não tem poder algum, na maioria dos casos acaba defendendo apenas seus interesses particulares, pois ele descobre no exercício do mandato que sobram regalias e faltam poderes. Só de verba de gabinete tem uma fortuna por mês!

Na maioria das votações ele não vota, pois acompanha a legenda (o partido decide o que votar e de que maneira) ou acompanha o líder do partido.

Se ele apresentar algum projeto de lei importante, dificilmente chegará ao plenário, pois será “furtado” no meio do caminho. Por isso ele é Baixo-Claro.

Verbas que ele destina aos seus currais eleitorais vêm de Emendas Parlamentares destinadas a todos os deputados. Ele não “ganhou” isso com poder.

Em resumo: “seu deputado” vale para muita pouca coisa!!!

Vale para prestígio pessoal, para desvios de verbas (alguns fazem na maior cara-de-pau) e para defender seus interesses particulares. Poucos legislam de verdade!!!

Douglas Mondo é advogado
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Leoa enjaulada

O coração explodia no peito daquela menina que queria mudar de vida, mostra Cláudia Bergamasco

Papai Noel: essa alegria que contagia nosso Natal

No Centro, no Maxi e no JundiaíShopping eles fazem a alegria do jundiaiense

Memórias Póstumas de Dick Tracy

Por Lucinha Andrade Gomes

Fé cega, faca amolada

Pelo Dr. Didi
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.