Jundiaqui
Jundiaqui

Festança

Jundiaqui
22 de julho de 2017
Por Vera Vaia

Até bem pouco tempo atrás, não se via político nenhum circulando por Brasília durante o recesso parlamentar, mas agora com esse cai-não-cai do Temer, uma grande parte deles ficou lá pro mercado de trocas.

Esse ti-ti-ti entre o presidente e a deputaida está provocando um troca-troca de partidos, como jamais se viu. Os partidos não chegam a um consenso de como votar a denúncia contra Michel, então sai político correndo pro leilão do quem dá mais. Uns batendo o martelo pra salvar a pele do presidente, outros pra salvar o próprio rabo.

É café da manhã com um, almoço com outro, conCHÁvo da tarde aqui, jantar acolá ... (talvez seja por isso que o Rodrigo Maia esteja enchendo uma tela de TV de 52 polegadas, toda vez que aparece dando entrevista).

O resultado desse toma-lá, dá-cá só saberemos no dia dois de agosto, quando os nobres deputados voltarem a assumir seus postos.

O Senado também tirou férias, mas uma semana antes, só pra gente lembrar de que pior que tá não fica é pura balela do Tiririca, a Senadora Regina Souza do PT do Piauí, subiu ao plenário para protestar contra a Reforma Trabalhista, e nos brindou com essa pérola dilmística: "com a reforma, a mulher grávida vai ficar 9 meses na incerteza de como vai nascer seu filho, se vai ter rinite ou sinusite"! Oi? Pergunto eu. Oi?

Pergunta a população que dá duro pra pagar os salários dessas mentes brilhantes.

Para quem não se lembra, essa senadora é a mesma que o Danilo Gentili chamou de "a tia do café" quando discursou contra o impeachment da Dilma. Ela disse que ia processar o apresentador, que depois, "arrependido", pediu desculpas à tia do café por tê-la comparado a uma senadora do partido "mais corrupto e criminoso da história do Brasil".

E agora quem aparece no Twitter, ameaçando fazer uma representação contra ela no Senado, é o humorista Tom Cavalcante sob a alegação de "concorrência desleal à nossa profissão de comediante"! Tá certo. Senado não é lugar de piada! É um lugar sério, cheio de gente séria e preparada. Opa! Agora fui eu que fiz uma piada!

No mais a semana transcorreu tranquila, tirando a revolta da população com mais uma soltura de presa. Desta vez foi a Anna Jatobá, a conhecida senhora Nardoni, assassina de criança, que saiu pro semiaberto. Ou seja, vai poder sair pra trabalhar durante o dia e voltar para dormir na cadeia.

Como assim, trabalhar? Quem vai dar emprego pra essa monstra? Só se for contratada como piloto de provas de redes de proteção fabricadas pelas Organizações Tabajara.

E pra fechar os destaques da semana, lá vamos nós brasileiros, mais uma vez para as manchetes internacionais: "Justiça da Espanha pede prisão de Ricardo Teixeira". Não contente com as falcatruas cometidas no Brasil quando comandou a CBF, ele resolveu exportar a malandragem e agora está sendo acusado pela Espanha por "lavado de dinero y corrupción".

Mais um título para seu vasto currículo de bandido. Desde 2015 os Estados Unidos também estão atrás da sua cabeça por fraude, lavagem de dinheiro e pelo recebimento de milhões de dólares em propina, por beneficiar empresas do marketing esportivo. E o que mais envergonha é que esse malandro vai continuar agindo no submundo do crime, porque o Brasil não extradita seus cidadãos, e portanto, ele não pode ser preso.

Conclusão: lá fora não podem prender nossos bandidos, e aqui dentro nossos criminosos são soltos. Mas isso não é uma grande festa?

Vera Vaia é jornalista



Jundiaqui
Você vai
gostar de

Beethoven, Debussy, Ravel… Trio Arqué traz música erudita

Show é nesta noite de quarta-feira no teatro do Sesc Jundiaí

Enem: qual profissão escolher?

Por Nelio Fernando Reis 

Exposição de Presépios é atração no Solar do Barão

Tradição mantida no Natal do Centro, com trabalhos como o de dona Nina Cerioni

Os quartéis da 2ª Cia de Comunicações

Por Vivaldo José Breternitz
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.