Jundiaqui
Jundiaqui

A Páscoa de todos nós

Jundiaqui
27 de março de 2018
Por Guaraci Alvarenga

Celebraremos com a comunidade cristã no mundo todo mais uma Semana Santa.

Todos os seguidores das pegadas de Jesus, cada um dentro de seus princípios cristãos, nesta época do ano, celebram sua Vida, Morte e Ressurreição.

Há dois mil anos, seus ensinamentos continuam vivos. O Mestre fez das palavras uma força avassaladora, que contagiava a todos que o cercavam.

Ao dar confiança aos incrédulos, crença aos descrentes, tolerância e compreensão aos fracos de espírito, o Rabi da Galileia sempre se serviu de exemplo.

Provou no silêncio de suas preces que seu reinado era apenas o império dos simples, dos humildes. E que seu mundo não é aqui, mas sim o reino dos céus.

Pregou exaustivamente o amor entre os seres humanos.

Jamais poderemos avaliar a profundidade de sua passagem entre nós. Jesus estava disposto ao sacrifício pela humanidade: “Todavia, não seja como eu quero, e sim como tu queres” (Mt. 26:39).

A decisão que anunciou aos seus seguidores: "Eis que subimos para Jerusalém e o Filho do homem será entregue aos principais sacerdotes e escribas. Eles o condenarão a morte. E o entregarão aos gentios para ser escarnecido, açoitado e crucificado; mas no terceiro dia ressurgirá" (Mt20. 18.19).

Estes são os acontecimentos da Paixão e da Páscoa.

A Paixão imorredoura de Cristo pela humanidade e a vitória da ressurreição. A Páscoa, a oportunidade de revermos crenças, questionarmos ideologias e mudarmos atitudes.

Mais importante, como diria o mais sábio, não é a chegada, mas o caminho a ser percorrido, com dedicação e fé na vontade de Jesus.

Em verdade a Páscoa traz em nossos corações a aproximação da gratidão a todos àqueles que nos enchem a vida de alegria e solidariedade. São nossos queridos familiares e os amigos de sempre, assim como a santa crença da lembrança daqueles que já se foram e nos esperam de abraços abertos para a vida eterna.

Nesta Semana Santa, como sempre o fazemos, estaremos com o mais doce Orlando Gazzola, o irmãozinho Pascoal, Suenson, o empresário Vanoil Pereira, o grande Mauro Marques, os queridos advogados Martinelli, Marcos Ferreira, Hermes Barrere e Edgard de Jesus, o Pitico das Terras Santas de Itaici, o amigo Claudio Gomes, o caro Afonso Pereira, Alvaro Destefani, Sergio Del Porto, Dorival Bortolini, Serginho Macan, Rolando Giarolla, Jacomo Zamper, Fabio Kachan, Savieto, Antonio Moller, Expedito Neves, todos ajoelhados, orando na Catedral Nossa Senhora do Desterro, agradecendo pelas graças recebidas.

Rezo para que nesta Páscoa a morte e a ressurreição de Cristo sejam lembradas tão somente apenas pelo amor que nos inspirou, ensinou e dedicou. Fique com Jesus! Feliz Semana Santa a todos nós!

Guaraci Alvarenga é advogado
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Acabou em pão de queijo

Por Vera Vaia

Dia das Crianças: jundiaiense Giulia brilha e Brasil se diverte

Menina de 11 anos ficou entre os quatro finalistas da primeira edição do “Humoristinhas”

cosendo o sobretudo

Por Valquíria Malagoli

Exclusivo: Jundiaí tem R$ 35 milhões e dois anos para erguer Centro de Basquete

Nova direção da Confederação Brasileira de Basquete vai trazer seleções para a Vila Liberdade
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.