Jundiaqui
Jundiaqui

Projeto Chuí: a vez de Tibagi

Jundiaqui
19 de julho de 2018
Por Eusébio Santos

De quantas cores é feito nosso país? De quantos metros precisamos pra sonhar alto, muito alto? A vida aqui fora nos mostra algumas respostas e nos coloca tantas outras boas interrogações na cabeça.

Chegou a vez de Tibagi no nosso caminho. E ela é envolta em mistérios e lendas. Uma cidade ladeada pelo rio de mesmo nome e batizado pelo índios tupis-guaranis.

São mais de 3 mil quilômetros quadrados de matas nativas e boas aventuras aqui no Paraná, onde demos uma parada no nosso Projeto Chuí. Capricha no tênis, pega umas comidinhas legais e vem pra cá...



Fotos: Arquivo pessoal

Eusébio Santos é coordenador do Celmi e do Celeti em Jundiaí e diretor da Associação de Preservação da Memória Ferroviária.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Amigos dançam e cantam para dar tchau ao Russi

Moçada grava sua versão para o jingle “com um sorriso no rosto”

Lendas e histórias de Jundiaí ganham uma voz gostosa em podcasts

Ponte Torta, Estaçãozinha, Polytheama e até a Maria dos Pacotes você conhece em projeto da io! Comunica

Makossa leva seu balanço ao Haules sábado e Natura, domingo

Rafael, Gilson, Cléber e Dago Nogueira fazem show com proposta de colocar a galera pra dançar

Jamón ibérico

Pelo chef Manuel Alves Filho
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.