Jundiaqui
Jundiaqui

Uma jundiaiense em Halong Bay, uma das 7 Maravilhas da Natureza

Jundiaqui
29 de março de 2018
Marcela Andrade Gomes nos leva para um passeio que lhe deixou de queixo caído

Marcela Andrade Gomes

Antes de ir para o Vietnã, eu nunca havia ouvido falar de Halong Bay, aliás, acho que não sabia nem qual era a capital do Vietnã (kkkk), que é Hanói, cidade que já mostrei no JundiAqui - click aqui e confira. Mas te digo: Halong Bay é simplesmente um dos lugares mais lindos e exuberantes que já vi em minha vida! E olha que já dei uma boa rodadinha neste nosso mundão...

Foi lá que descobri dois detalhes que fazem uma grande Halong Bay é declarada Patrimônio Mundial da UNESCO e figura entre as 7 Maravilhas da Natureza.

Distante umas 4 horas de Hanói, oferece cruzeiros que podem ser de 1 a 5 dias. Fiz o de 2 dias e uma noite dormindo no barco e acho que foi o suficiente. Se você tem tempo e dinheiro sobrando (rs), vale a pena ficar mais - é zen, lindo e revigorante!



As embarcações são navios que possuem, em média, 10 cabines e os preços variam bastante. Comprei pelo e-booking (sempre me oriento a partir das avaliações de outros hóspedes) e achei sensacional! Dei sorte pois minha embarcação quebrou e me colocaram em outra de qualidade superior (viagem é assim, lucros e danos). Paguei US$ 120 (americano) com toda a comida inclusa, mas sem bebida.

O passeio se dá pela baía que é cercada por umas duas ilhotas e ainda visitamos uma incrível caverna. Estas ilhotas foram compostas, de acordo com o mito, pela calda do dragão.

DE NOVO ELAS

impressionante como as mulheres são trabalhadoras, proativas e versáteis no Vietnã! Chegam em embarcações para vender bebidas, bolachas, salgados, cigarros... Minha maquiagem ficou para esta doce menina que me contou sobre seus segredos quando a mãe foi embora em seu barquinho.

Dou notícias de Hoi An!

Leia também: 

Marcela Andrade Gomes vai à Ásia e prova: quem viaja é mais feliz

Choque é o que melhor define a chegada a Hanói, no Vietnã

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Afinal, o que é a BNCC?

Por José Renato Nalini

Jundiaí emite 833.800 toneladas de CO² por ano na atmosfera

Por José Arnaldo de Oliveira

Trens abandonados na linha da CPTM em Jundiaí são destruídos

Vagões que ocupam trilhos atrás da Sifco estão virando sucata de ferro

Atelier Sposato com novidades em vestidos de noivas

Loja do Centro faz lançamento da coleção 2017/2018
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.