Jundiaqui
Jundiaqui

Outros Carnavais é a aposta do Sesc Jundiaí

Jundiaqui
7 de fevereiro de 2018
Tem frevo, farra do boi, sambada de reis e outras manifestações, tudo de graça

O Sesc Jundiaí apresenta diferentes manifestações do Carnaval encontradas no Brasil. Sexta (9), a cantora amazonense Ellen Fernandes apresenta a Festa do Boi. Sábado (10), diretamente de Olinda, é a vez do cortejo Carregue a Pilha. Domingo (11) tem a apresentação do Mulheres de Chico, primeiro bloco totalmente feminino e temático do país.

Veja a programação completa:

Shows

(Ginásio | 2.000 pessoas (sendo 250 lugares sentados) | Livre | Grátis | retirada de ingressos 1h antes, na Central de Atendimento)

Festa do Boi com Ellen Fernandes

A cantora amazonense faz um mergulho nos ritmos de carimbó, lambada e boi-bumbá junto com músicos da cidade de São Paulo. As intervenções de dança ficam a cargo de bailarinos experientes que representarão esses principais ritmos, além de personagens típicos das danças. As lendas, os mitos e os fatos da história são recriados e exibidos de maneira contagiante. Dia 9. Sexta, 20h

Carregue a Pilha

Projeto lançado em fevereiro de 2013 em Olinda traz as referências e gêneros musicais mais executados durante o Carnaval pernambucano, tais como frevo, maracatu, ciranda, coco, mangue beat e marchinhas. Com um repertório dançante, a banda promete carregar as pilhas dos foliões. Com Fred Caiçara (voz), Feiticeiro Julião (guitarras), Abuhl Jr (bateria), Sá Reston (contrabaixo), Maurício Badé (percussões) e Anná (voz/ backing vocais), Jurufrevo Orquestra (metais). Dia 10. Sábado, 17h

Bloco Mulheres de Chico

Primeiro bloco totalmente feminino e temático do Brasil. Faz uma releitura original do universo do grande compositor Chico Buarque, com arranjos em ritmos como samba, ijexá, ciranda e até funk comandados por uma super bateria feminina. Dia 11. Domingo, 17h



Sambada de Reis

Ao som de instrumentos como a rabeca, bombos de corda, bages e mineiro, integrantes e folgazões comemoram o grande baile oferecido pelo Capitão Marinho. A festa se completa com a participação do público que não fica indiferente à passagem do colorido cortejo e se une à brincadeira para festejar, formando uma roda para cantar e dançar os cocos de despedidas. Concepção artística e direção cênico-musical: Juliana Pardo e Alício Amaral. Com a Cia. Mundu Rodá. Dia 12. Segunda, 17h

Pé no Frevo 

A Pequena Orquestra Interativa traz um Carnaval cheio de brincadeiras, com muitos frevos clássicos (pernambucanos e baianos), marchinhas alagoanas de domínio público e muita diversão. A POIN é um trabalho paralelo dos integrantes da Cia. Cabelo de Maria: um septeto formado por músicos que tocam violão, acordeon, flauta, violino, sousafone e percussão e que tem como principal característica a interatividade com o público. Dia 13. Terça, 17h

Intervenções

(Área de Convivência | Livre | Grátis)

Bloco do filhote - A festa dos bichos

A apresentação traz todo o repertório dentro da temática dos bichos, valorizando os diversos ritmos de nossa cultura - samba, maracatu, cacuriá, coco, frevo e ciranda. A partir das canções, o Bloco promove momentos interativos em que a plateia sentada realiza movimentos de percussão corporal ou toca instrumentos, alternando com momentos em que a plateia fica em pé ou em deslocamento, em jogos musicais muito divertidos. Com a Cia. Viagem musical. Dia 10. Sábado, 11h

Bloquinho do Espaço de Brincar com a Bandinha Sassarico

Inspirada nos pequenos blocos de Pernambuco, que levam pessoas fantasiadas cantando seus frevos com instrumentos de corda, percussão e sopro. Idealização: Márcio Coelho e Ana Favaretto. Dia 11. Domingo, 14h

Afroxé e Samba de Bumbo

Nesta apresentação a Cia.de Artes do Baque Bolado, pioneira na difusão dos ritmos nordestinos em São Paulo a mais de 20 anos, traz ao público cantos e toques inspirados nos afoxés de Recife e Olinda somados às possibilidades corporais e estéticas das pernas de pau. Uma festa em homenagem aos povos que lutaram e lutam por liberdade.  11h – Afroxé | 15h – Samba de Bumbo | Dia 12. Segunda, 15h

Cumbia Calavera

O grupo, formado por integrantes vindos de diversos países da América do Sul traz releituras de cumbias em formato instrumental, pintando o ar e unindo músicos e público para uma grande festa dançante! Dia 13. Terça, 11h e 15h

Aula aberta

Frevo

A aula é um “esquenta” para o show da banda de carnaval pernambucano ‘Carregue a Pilha’, mostrando um pouco do ritmo frevo, passos e suas nomenclaturas. Com Marina Souza, bailarina, professora
de dança e especialista em dança educacional. Dia 10. Sábado, 16h
Ginásio | 10 anos | Grátis

Oficinas

Acessórios de frevo

O frevo é uma dança folclórica típica do carnaval de rua do Nordeste brasileiro. Para valorizar e celebrar essa cultura tradicional, a oficina propõe a criação de adereços baseados na estética da cultura do frevo. Com Emilia Santos. De 10 a 13. Sábado a terça, 10h30 às 12h30 | Área de Convivência | Livre | Grátis

Frevo

A atividade mostra um pouco do ritmo frevo, seus passos e nomenclaturas. Com Marina Souza, bailarina, professora de dança e especialista em dança educacional. Dia 10. Sábado, 13h30 | Ginástica Multifuncional | 10 anos | Grátis | Retirada de senhas no local, 30 minutos antes.

Máscara carnavalesca

Sesc convida o público para confeccionar sua máscara carnavalesca! O objetivo da atividade é que os participantes possam refletir sobre o consumo consciente e os resíduos gerados pela indústria de confecção das fantasias de carnaval, desenvolvendo adereços confeccionados de forma consciente, valorizando a criatividade e a prática artística e artesanal. De 10 a 13. Sábado a terça, 13h30 às 16h30 | Ginásio | Livre | Grátis

BarulhETA - Instrumentos Musicais

Vá fazer barulho com a equipe de educadores do Espaço de Tecnologias e Artes! Em cada dia faremos um instrumento diferente, com sucata e materiais simples para agitar o Carnaval. De 10 a 13. Sábado a terça, 14h e 15h | Espaço de Tecnologias e Artes | 15 vagas por horário | Livre | Grátis | Inscrições no local, 1h antes

Recreação

Carnaval para a Família

Atividades como percussão no biobol, vivência de ginástica geral, jogos reduzidos e brincadeiras para todas as idades. De 10 a 13. Sábado a terça, 10h30 às 13h30 | Ginásio | Livre | Grátis

Avenida Antonio Frederico Ozanan, 6.600, Jardim Botânico.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Jundiaí perde mais uma jovem na guerra à Covid, Letícia Neworal Fava, 28 anos

Ela é a terceira vítima de 144 abaixo dos 30 anos; jornalista ficou quase um mês internada

Jundiaí ajuda a eleger João Dória e Jair Bolsonaro

Os dois receberam a maioria dos votos aqui e agora vão governar o estado e o Brasil a partir de 1º de janeiro de 2019

a rotina é o nome cotidiano que deram à morte

por José Renato Forner

Coopercica reinaugura loja do Jardim Cica, mais bonita e funcional

Açougue ganha espaço nobre nesta que foi a primeira unidade da cooperativa que está em festa por seus 50 anos
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.