Jundiaqui
Jundiaqui

Sesc abre janela para cinema de Japão, Iraque, Polônia…

Jundiaqui
7 de abril de 2019
Festival traz o cinema independente e promove o debate sobre a censura

Tem cinema que a gente não vê no circuito comercial no Sesc Jundiaí a partir desta terça-feira (9). É uma seleção de novos filmes independentes que estão sendo produzidos em diferentes países dentro do chamado "Indie Festival".

Eis a programação gratuita...

TORRE. UM DIA BRILHANTE
Dir.: Jagoda Szelc.
POL, 2017, 106 min.

É início de verão e Nina, a filha de Mula, está prestes a celebrar sua Primeira Comunhão e os parentes começam a chegar. Entre eles, Kaja, irmã de Mula e mãe biológica de Nina, que, permaneceu ausente nos últimos seis anos. A família acredita na reconciliação, mas, para Mula, Kaja retornou com a pretensão de levar a criança embora.
Dia 9. Terça, 18h | 14 anos

ASAKO I & II
Dir.: Ryusuke Hamaguchi.
JPN/FRA, 2018, 119 min.

Asako e Baku vivem um romance intenso e avassalador, porém, certo dia, o temperamental Baku desaparece. Dois anos mais tarde, depois de se mudar de Osaka para Tóquio, Asako encontra o duplo perfeito de Baku. Ryusuke Hamaguchi, que já havia atraído atenção em 2015, com um filme de mais de cinco horas intitulado Happy Hour, retorna com esta obra, baseada em um livro da escritora Tomoka Shibasaki, para traçar a trajetória de um amor, ou, para ser exato, dois amores, encontrados, perdidos, deslocados e recuperados.
Dia 9. Terça, 20h | 12 anos

YARA
Dir.: Abbas Fahdel.
LIB/FRA/IRQ, 2018, 2010 min.

A jovem Yara mora com a avó em uma fazenda no Vale de Qadisha, ao norte do Líbano. A maioria dos antigos habitantes da vila já se mudou ou faleceu. Um dia, Yara conhece Elias, um jovem caminhante, meio perdido, que passa pela fazenda. Entre dias lindos e quentes, cuidando das cabras, alimentando as galinhas, lavando roupa, Yara descobre um amor de verão.
Dia 16. Terça, 18h | 12 anos

ANTES QUE TUDO DESAPAREÇA
Dir.: Kiyoshi Kurosawa.
JPN, 2017, 129 min.

Três alienígenas viajam para a Terra em uma missão de reconhecimento para preparar uma invasão em massa. Tendo tomado posse de corpos humanos, os visitantes roubam de seus hóspedes a essência do seu ser, o senso do bem e do mal, de propriedade, família e pertencimento. A essência psicológica e espiritual de toda a humanidade está em jogo.
Dia 16. Terça, 20h | 12 anos

TESNOTA
Dir.: Kantemir Balagov.
RUS, 2017, 118 min.

1998, Nalchik, norte do Cáucaso, na Rússia. Ilana tem 24 anos e trabalha na garagem de seu pai para ajudá-lo. Uma noite, sua família e amigos se reúnem para comemorar o noivado de seu irmão mais novo, David. Mais tarde naquela noite, o jovem casal é sequestrado e um pedido de resgate entregue. Nesta pequena e fechada comunidade judaica, envolver a polícia está fora de questão. Como a família conseguirá o dinheiro para salvar David?
Dia 23. Terça, 18h | 16 anos

ACOSSADO
Dir.: Jean-Luc Godard.
FRA, 1960, 90 min.

Michel Poiccard (Jean-Paul Belmondo) é um criminoso, obcecado por Humphrey Bogart, que rouba um carro, mata um policial e vai para Paris, onde conhece Patricia Franchini (Jean Seberg), uma linda garota americana que vende jornais na Champs-Élysées. Poiccard tenta persuadi-la a fugir com ele para a Itália, sem lhe contar que é um foragido da justiça.
Dia 23, Terça, 20h | 14 anos

O Sesc Jundiaí fica na Av. Antonio Frederico Ozanan, 6.600.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Flexibilização do isolamento é mostrada na TV como exemplo de precipitação

Cidade apareceu no programa “Combate ao Coronavírus” nesta segunda

Envelhecendo na cidade

Por Eusébio dos Santos

Sesc carregado de histórias para a garotada até sexta-feira

Contação é com a Cia do Liquidificador na Área de Convivência, grátis

Palmeiras: vai ou não vai? O que precisa mudar?

Por Luis Cláudio Tarallo
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.