Jundiaqui
Jundiaqui

Sotaque francês na telona do Maxi sábados e domingos

Jundiaqui
1 de setembro de 2017
Moviecom Arte traz "Perdidos em Paris" abrindo a programação de setembro



Do site Temperos de Cinema

O Moviecom Arte está com um forte sotaque francês. Dos 5 filmes selecionados, 4 são produções francesas e uma alemã. Conheça aqui o resumo dos filmes que farão os seus finais de semana de setembro e até o primeiro dia de outubro muito mais interessantes...

DIAS 2 e 3

PERDIDOS EM PARIS

Essa suave comédia francesa, dirigida por Fiona Gordon e Dominique Abel, foi o último filme de Emmanuelle Riva, grande estrela de dramas densos como “Hiroshima meu amor” (1959), “A liberdade é azul” (1993) e “Amor” (2012).

Juntos há 35 anos, o casal de diretores se dedica ao gênero clown para falar sobre a falta de jeito dos seres humanos e o lado bizarro da vida cotidiana.

Neste filme, Emmanuelle Riva é Marta, uma senhora idosa e sozinha que se perde em Paris. O casal de diretores interpreta a sobrinha canadense que vai a Paris para encontrar a tia e um morador mal humorado que se envolve na trama para ajudar.

Aparecendo praticamente como quarta personagem, a cidade de Paris é mostrada sob uma ótica completamente diferente até mesmo nos pontos muito conhecidos como a Torre Eiffel e o Rio Sena.

Não recomendado para menores de 12 anos.

 

01TourdeFranceDIAS 9 E 10

TOUR DE FRANCE

Dirigido por Rachid Djaïdani e estrelado por Gérard Depardieu, Sadek e Louise Grinberg, “Tour de France” é um filme sobre a tolerância.

Sadek interpreta Far’Hook, um jovem rapper que se vê obrigado a sair da cena parisiense por uns tempos e vai ao encontro de seu pai, Serge (Depardieu), um homem obstinado a seguir os passos do pintor Joseph Vernet.

A colisão de dois universos tão distintos dá início a uma ligação muito mais forte entre os dois personagens, revelando que o humano sempre se sobressai a todas as outras condições.

Se a xenofobia é um problema que assola toda a Europa e já foi mostrada em diversos filmes, Rachid Djaidani faz um excelente trabalho ao tocar neste tema de forma tão delicada e sensível.

 

review-bye-bye-alemanhaDIAS 16 E 17

BYE BYE ALEMANHA

É uma comédia sobre um grupo de judeus que viveu os horrores dos campos de concentração e que sonha em ir embora da Alemanha depois da Segunda Guerra Mundial. Sim, uma comédia!

Dirigido por Sam Garbarski, “Bye Bye Alemanha” vai na contramão de todos os filmes sobre esse período sombrio e mostra momentos cômicos vivido pelo personagem central, Bermann (brilhante atuação de Moritz Bleibtreu), um judeu que vende enxovais para juntar dinheiro e abandonar o país.

Baseado-em-best-seller-Os-Meninos-que-Enganavam-os-Nazistas-ganha-trailer-e-cartaz-nacionais-aDIAS 23 E 24

OS MENINOS QUE ENGANAVAM NAZISTAS

Adaptação do best-seller “Un sac de billes” – drama autobiográfico de Joseph Joffo que conta a história do autor e de seu irmão, quando tinham 10 e 12 anos, durante a ocupação da França pelos nazistas – este filme do diretor canadense Christian Duguay é super fiel ao livro.

Trata-se de um remake, já que o mesmo livro foi adaptado para o cinema em 1975 pelo diretor francês Jacques Doillon. No entanto, a versão de Christian Duguay registra com mais ternura e humor a epopeia dos irmãos e de sua família por esse período conturbado e faz ainda uma bela reflexão sobre os horrores da guerra ao colocar a narrativa sob o olhar de uma criança.

20170703-saint-amour-papo-de-cinema-banner

DIAS 30 E 1º DE OUTUBRO

SAINT AMOUR – NA ROTA DO VINHO

Escrito e dirigido por Gustave Kervern e Benoît Delépine, “Saint Amour – Na Rota do Vinho”, é mais que um filme sobre a relação de pai e filho ou sobre as vinícolas francesas. Este filme é um verdadeiro acordo de paz dos diretores com seu país, depois de 12 anos atacando o modelo político francês e o comportamento social da burguesia francesa.

Bruno (Benoît Poelvoorde em uma irretocável interpretação) é um alcoólatra, hiperativo e debochado que odeia o pai, Jean (Gérard Depardieu), mas este aproveita o tempo livre durante uma feira de negócios agrícolas em Paris para fazer com ele uma viagem pela região vinícola da França, conduzida pelo taxista Mike (Vincent Lacoste).
Este autêntico “on the road” é regado a muito vinho, perrengues, revelações e situações tão constrangedoras quanto engraçadas.

Se liga

O Moviecom Arte é um projeto da publicitária e produtora Fátima Augusto em parceria com o Moviecom. Com um horário alternativo dentro da programação do cinema, o Moviecom Arte acontece todos os sábados e domingos às 11 horas e tem ingressos a R$ 10,50 e R$ 5,25.

O Moviecom Jundiaí fica no Maxi Shopping – Av. Antônio Frederico Ozanan, 6.000 – Vila Rio Branco, Jundiaí.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Divino deixa o basquetebol feminino de Jundiaí, uma pena!

Luis Cláudio Tarallo conta que foram vinte tentativas frustradas de manter a equipe e se preocupa com as atletas

Já são R$ 3.409.993,33 em compras por Jundiaí na guerra ao coronavírus

Só de máscaras para hospitais a Prefeitura adquiriu 43,5 mil unidades no último mês; desinfecção custou R$ 177.000

Marcos Bonequini estreia novo “Resenha” em Jundiaí

Campeão do mundo leva seu programa de entrevistas e histórias ao YouTube e redes sociais

Corpus Christi terá distribuição de hóstia após missa, seja online ou já com fiéis

Católicos preparam a retomada a partir desta quinta e párocos têm escolha entre dois protocolos
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.