Jundiaqui
Jundiaqui

Filipe Catto, Wanda Sá, Toninho Horta e Isca de Polícia no Sesc

Jundiaqui
1 de setembro de 2017
Tem ainda um tributo a B.B. King agora em setembro

A programação musical do Sesc Jundiaí traz diferentes ritmos agora em setembro. Vai da mineirice de Toninho Horta até o blues de B. B. King. Veja as principais atrações:



WANDA SÁ

9 - SÁBADO - 19h

Vem com canções do disco "Cá Entre Nós". Wanda Sá fez parte do movimento bossa nova e lançou seu primeiro álbum em 1964, intitulado "Vagamente", que ficou marcado em sua carreira por interpretar "Inútil Paisagem", música escrita por Tom Jobim. O trabalho atual fala da sua história e dos amigos músicos Roberto Menescal, Carlos Lyra, João Donato, Marcos Valle, Nelson Faria e o mais recente parceiro, Ivan Lins. Além disso, homenageia  Jobim.



FILIPE CATTO

14 - QUINTA - 20h30 - R$ 40,00 inteira

O cantor e compositor traz o show do disco “Tomada”, lançado em agosto de 2015. “Dias e Noites”, parceria com Paulinho Moska e Pedro Luís, e “Depois de Amanhã”, de Moska, são duas composições que se destacam no repertório da apresentação. Também “Adoração” e “Saga” estão no roteiro.



ISCA DE POLÍCIA

21 - QUINTA - 20h

A banda, criada por Itamar Assumpção em 1979 para acompanhá-lo em gravações e shows, toca clássicos compostos pelo “Maldito” e por grandes compositores da nossa música em parceria com a Isca, como Arnaldo Antunes, Zélia Duncan, Tom Zé e Arrigo Barnabé.



TONINHO HORTA

23 - SÁBADO - 19h

Um dos pilares do Clube da Esquina, Toninho fez um trabalho de mais de 50 anos com parcerias que somam astros nacionais e internacionais, como Tom Jobim, George Benson, Juarez Moreira e vários outros. Vem agora com um argentino ao piano, Lisandro Massa, para resgatar os sons de Minas com parceiros eternos como Milton Nascimento, Beto Guedes, LÔ Borges...



TRIBUTO BB KING 

28 - QUINTA - 20h

Para relembrar a lenda da guitarra, o SEsc reúne em um tributo três grandes nomes do blues brasileiro, os guitarristas Nuno Mindelis, Victor Biglione e Fred Sunwalk. No repertório, algumas das músicas que imortalizaram o homenageado, como "Let The Good Times Roll", "Trill is Gone", "Caldonia", "Sweet Sixteen", "Everyday I Have The Blues". Mas não espere um show de covers, não será.

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Quando um terço da população jundiaiense era formada por escravos

Por José Arnaldo de Oliveira

FMJ faz campanha em busca de futuro doador de corpo

Nesta segunda tem palestra para tratar de um assunto que é tabu em muitas famílias

Nem só dinheiro

Por José Renato Nalini

Um é Rolando e outro Francisco, mas pode chamar de Paipai Noel

Eles estão habituados em fazer as vezes do bom velhinho, mas garantem que a cada ano é uma nova emoção
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.