Jundiaqui
Jundiaqui

Parada LGBTQI+ vai à avenida Ferroviários no dia 29

Jundiaqui
10 de setembro de 2019
Desfile deixa Barão e Rosário e vai para as proximidades do Complexo Fepasa

Em seu 14º ano, a Parada LGBTQ+ de Jundiaí ganha novo endereço, o terceio nos últimos três anos - desde a troca de governo deixou a avenida 9 de Julho, subiu ao Centro e agora desce para a Ferroviários.

Mas se engana quem imagina que isso será problema. Pelo contrário, a ONG Aliados vai promover uma grande festa, com expectativa de recorde de participantes. O tema são os 50 Anos de Stonewall - um levante nos EUA contra a truculência da polícia e o preconceito da velha política aos homossexuais.

O que ajuda na divulgação da Parada LGBTQ+, que durante muito tempo foi chamada de Parada do Orgulho Gay, é a nova polêmica envolvendo o prefeito Luiz Fernando Machado, que é evangélico e até gravou vídeo negando que sua administração apoie a ideologia de gênero e, por consequência, esteja colaborando com a parada. Porém, como aconteceu em 2017 e com o próprio Luiz envolvido, ao final desse Mês da Diversidade de Jundiaí os organizadores devem agradecer aos fundamentalistas de plantão por toda a propaganda feita.



 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

As velhas propagandas

Por Nelson Manzatto

Vazios éticos

Por José Renato Nalini

“Conheça Seu Estilo” nos cursos do Maxi Shopping

Tem delícias da culinária doce e salgada, reflexologia e até dicas de mecânica

Festa da Uva: quanto riso, quanta alegria

Um domingão daqueles no Parque da Uva, que você vê aqui em cerca de quatrocentas fotos
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.