Jundiaqui
Jundiaqui

Sesc se abre para a (Re)Existência do Povo Negro

Jundiaqui
12 de novembro de 2019
Tem shows como o do Young Mbazo, oficinas, vivências, intervenção e contação de histórias

Programação completa:

música

SHOWS

RENATA JAMBEIRO E SUA RODA DE SAMBA CONVIDAM JAMELÃO NETTO

A cantora Renata Jambeiro apresenta uma roda de samba diferenciada, formada apenas por mulheres, trazendo uma mestiçagem da música popular brasileira, com muito suingue, fazendo um show vibrante, dançante e genuinamente brasileiro. Convidado especial: Jamelão Netto.

Dia 17, domingo, 17h30 | Área de Convivência | livre | Grátis | Duração estimada: 90 minutos

YOUNG MBAZO (ÁFRICA DO SUL)

A raiz da música africana perpetuada através da interpretação de Young Mbazo, um dos maiores expoentes da música zulu, renovada com influências de hip hop e música contemporânea.

Dia 20, quarta, 18h | Teatro | 220 lugares | 12 anos | R$ 9,00 | R$ 15,00 | R$ 30,00 | Duração Estimada: 90 minutos

OFICINA

CAPOEIRA AFRO MUSICAL: CONFECÇÃO DE INSTRUMENTOS DE CAPOEIRA

A atividade vai ensinar de forma simples e prática a confecção de instrumentos afro-brasileiros ligados à Capoeira. Pra completar, a atividade termina em roda musical e batucada.

Com Afonsinho Menino, da Ylu Brasil.

RECO-RECO, ATABAQUE E AGOGÔ

Dia 23, sábado, 10h às 12h, 13h30 às 16h e 16h30 às 17h30

BERIMBAU INFANTIL, CAXIXI E VIVÊNCIA MUSICAL

Dia 24, domingo, 11h às 12h30, 14h às 16h e 16h às 17h | Sala Múltiplo Uso 5 e Espaço de Tecnologias e Artes | 20 vagas | | Grátis | Inscrições na Central de  Atendimento, a partir de 1/nov

tecnologias e artes

 OFICINA

COSTURANDO IDENTIDADES

A cada encontro produza um acessório diferente (anéis, brincos e colares artesanais) com materiais como tecidos, botões, papelão cinza e pinturas feitas com spray para graffiti e marcadores.

Com Lais Da Lama, arte educadora e empreendedora.

Dia 15, sexta, 10h30 às 13h30 e 15h às 18h

Dias 16 e 30, sábados, 15h às 18h

Dia 1/12, domingo, 10h30 às 13h30 e 15h às 18h

Espaço de Tecnologias e Artes | 20 vagas | 14 anos | Grátis | Retirada de senhas 30 minutos antes, no local.

QUAL CORPO MINHA ABAYOMI CARREGA?

Com o objetivo de promover uma viagem em torno das questões: "de onde eu vim?" e "de que sou feitx", xs participantes serão convidadxs a confeccionar bonecas Abayomis a partir do mapeamento de suas árvores genealógicas tendo o corpo e o conceito de cartografia como base de investigação da experiência.

Com Marina Affarez e Amanda Racielle, arte-educadoras. Dia 23, sábado, 15h às 18h | Espaço de Tecnologias e Artes | 20 vagas | livre | Grátis | Inscrições no local, 1h antes

VIVÊNCIA

AFROGAMES

Conheça jogos para computador e videogame brasileiros independentes, desenvolvidos e protagonizados por negros.

Com Tainá Felix e Jaderson Souza, da Game e Arte Ensino de Arte e Cultura.

Dia 20, quarta, 10h30 às 18h30 | Espaço de Tecnologias e Artes | 10 vagas | livre | Grátis | Inscrições no local

dança

ESPETÁCULO

SONS D’OESTE

Com dança e música tradicional, o trabalho traça, sob a ótica deste peculiar povo do oeste africano, um cenário das situações sociais que também são encontradas no Brasil, revelando as semelhanças entre nossa cultura e a rica cultura africana. Com a Trupe Benkady.

Dia 20, quarta, 16h | Área de Convivência | livre | Grátis | Duração estimada: 50 minutos

ações para cidadania

CANDOMBLÉ E FUNDAMENTOS

Com Babalorixá Alexandre de Lima Vicente, Sérgio Eduardo Gonçalves de Aguiar e mediação de Gustavo Diniz.

Dia 17, domingo, 11h às 13h e 14h às 16h

literatura

BATE-PAPO

41 ANOS DE CADERNOS NEGROS

Os escritores Esmeralda Ribeiro e Marcio Barbosa, integrantes do Quilombhoje e organizadores dos Cadernos Negros convidam outros autores, que participam do volume 41 -

Poemas, para uma roda de conversa. Autores convidados: Benedita Lopes, Mari Vieira e Romildo Ibeji.

Dia 12, terça, 19h30 às 21h | Biblioteca | livre | Grátis

 contação de história

 Com Núcleo Histórias de Comadres.

Biblioteca | livre | Grátis

IROCO, O ORIXÁ QUE VIVE NA GAMELEIRA

Conta a história de Tomori, a mulher que é transformada em um pássaro pelo orixá da árvore, Iroco.

Dia 15, sexta, 11h

OS GÊMEOS QUE FIZERAM A MORTE DANÇAR

As comadres cantam e contam como os irmãos gêmeos Taió e Caiandê, livraram sua aldeia das ameaças da morte, com muita música e sabedoria.

Dia 17, domingo, 11h

DIKELEDI E AS VOLTAS QUE O MUNDO DÁ

Dikeledi é uma princesa que nasceu para trazer a paz entre os povos da África, e ao morrer tem seu corpo "encantado" num instrumento nunca antes visto, o berimbau.

Dia 19, terça, 10h

MARIA FELIPA DE OLIVEIRA, HEROÍNA BRASILEIRA

Maria Felipa foi uma mulher símbolo da resistência na luta pela independência do Brasil na Bahia. Capoeirista destemida e guerreira,

não precisou de armas de fogo para por os portugueses a correr.

Dia 19, terça, 15h

DANDARA, A GUERREIRA QUILOMBOLA

Dandara foi uma capoeirista forte e corajosa que planejava ações de combate, liderava quilombolas na luta pela liberdade, além de ter sido companheira do grande líder Zumbi dos Palmares.

Dia 20, quarta, 11h

O AGOGÔ DE OGUM

Esta é a vez do instrumento Agogô, utilizado em diversas manifestações da cultura afro-brasileira, trazer mitos do orixá Ogun, protetor dos guerreiros, e nos mostrar a importância do ritmo e a sabedoria do tempo.

Dia 24, domingo, 11h

cinema

EXIBIÇÃO

PITANGA

Dir.: Beto Brant e Camila Pitanga. BRA, 2017. 110 min.

A vida, a obra, a trajetória e a carreira de Antônio Pitanga, um dos maiores atores do cinema nacional de todos os tempos, protagonista de momentos marcantes da cinematografia brasileira e protagonista de filmes importantes dirigidos por nomes como Glauber Rocha, Cacá Diegues e Walter Lima Jr.

Dia 12,terça, às 20h

Teatro | 220 lugares | 12 anos | Grátis | Retirada de ingressos 1h antes, na Central de Atendimento

 literatura

EMPODERA LENDO

BATE-PAPO

LIVRO: 'A LIBERDADE É UMA LUTA CONSTANTE', DE ANGELA DAVIS

O Clube de Leitura 'Empodera Lendo' é um encontro mensal para compartilhar impressões de obras de autoras brasileiras e internacionais sobre a temática do Feminismo, tema tão caro à nossa sociedade atual e que ainda possui pouco espaço para debate.

Mediação de Cacilda Amaral, da Rede Valentes.

Dezembro: ‘Mulheres e Poder’ de Mary Beard

Dia 13, quarta, 19h30 | Biblioteca | 16 anos | Grátis.


O Sesc Jundiaí fica na Av. Antonio Frederico Ozanan, 6.600, Jardim Botânico.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

O Dia Mundial da Luta Contra o Câncer

Por Verci Bútalo, diretora-presidente do Grendacc

“A Ira de Narciso” é um obsessivo jogo de interrogações

Do dramaturgo uruguaio Sergio Blanco, vem ao Sesc sábado com o ator Gilberto Gawronski

45 anos de amizade e bola cheia

Por Guaraci Alvarenga

Jundiaí é 13º melhor destino rural do Brasil, aponta Expedia

Gigante de viagens on-line lista 21 destinos, vários deles do Circuito das Frutas
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.