Jundiaqui
Jundiaqui

Show em Jundiaí: MPB4 solta a voz em nome da democracia

Jundiaqui
28 de fevereiro de 2020
Vai ser no dia 5 de março, no Sesc e com ingressos já à venda

Em tempo de ameça à democracia, um show corajoso traz a Jundiaí o grupo MPB4, só com canções, intercaladas por algumas histórias, que serviram à luta contra a ditadura no Brasil. "Você Corta um Verso, Eu Escrevo Outro" será quinta-feira (5).

Com mais de 50 anos de carreira e mais de uma centena de músicas no currículo, o grupo vocal e instrumental chega aqui com repertório organizado pelo cantor Aquiles Reis e que reúne canções de Chico Buarque, Geraldo Vandré, Zé Keti, Sergio Ricardo e de outros grandes nomes.

Gravada pelo grupo, a música “Pesadelo”, de Maurício Tapajós e Paulo César Pinheiro, cuja letra é explicitamente contestadora, foi liberada pela censura num drible de craque que os autores deram nos censores da época.

Quando o muro separa uma ponte une
Se a vingança encara o remorso pune
Você vem me agarra, alguém vem me solta
Você vai na marra, ela um dia volta
E se a força é tua ela um dia é nossa
Olha o muro, olha a ponte, olhe o dia de ontem chegando
Que medo você tem de nós, olha aí

Você corta um verso, eu escrevo outro
Você me prende vivo, eu escapo morto
De repente olha eu de novo
Perturbando a paz, exigindo troco
Vamos por aí eu e meu cachorro
Olha um verso, olha o outro
Olha o velho, olha o moço chegando
Que medo você tem de nós, olha aí

O muro caiu, olha a ponte
Da liberdade guardiã
O braço do Cristo, horizonte
Abraça o dia de amanhã, olha aí

O grupo MPB4, após ampla pesquisa sobre o tema, compartilha com o público algumas histórias da censura na música popular brasileira e canta canções que marcaram a luta pela liberdade e pela democracia no país. A banda acredita que lembrar e cantar esses tempos é a melhor forma de fazer com que não voltem nunca mais.

No palco, o MPB4 se apresenta com Aquiles Reis, Dalmo Medeiros, Miltinho, Paulo Malaguti Pauleira e conta com a participação especial da cantora Claudia Castelo Branco.

"Você Corta um Verso, Eu Escrevo Outro"
Dia 5/3. Quinta, 20h30
Duração estimada: 90 minutos
Ginásio | 600 lugares
R$ 30,00 (inteira)
Classificação indicativa: 14 anos

Av. Antônio Frederico Ozanan, 6.600, Jardim Botânico.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Assombrações

Por Valquíria Malagoli

Nazismo reciclado na telona do Moviecom Arte

“Bye Bye Alemanha” traz trapalhadas de um grupo de judeus depois da Segunda Guerra

Estar com quem se ama

Por Kelly Galbieri

Regina Kalman ajuda a manter viva a lenda da Maria dos Pacotes

Fotógrafa e artista plástica leva a andarilha para dentro da Pinacoteca, com textos de Edu Cerioni e outros depoimentos
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.