Jundiaqui
Jundiaqui

Toninho do Diabo quer ser vereador… em São Paulo

Jundiaqui
12 de outubro de 2020
O número é 77.666 que o jundiaiense usará nas eleições de 15 de novembro

Mais parecendo um mágico na propaganda eleitoral do que aquele ser satânico que tentava passar até então, Toninho do Diabo vai de cartola e varinha concorrer a vereador na Capital.

Embora more em Jundiaí, acredita que terá mais chances em São Paulo como um candidato "alternativo". Ele espera cair no gosto popular como já aconteceu com outros personagens folclóricos ao longo dos tempos - Tiririca é o maior exemplo desse tipo de voto de protesto que o jundiaiense quer ganhar.

Cineasta de filmes trash, com prêmio de o pior dos piores na Alemanha, e personagem até de HQ nos EUA, como o Devil Tony, Antonio Firmino, o Toninho, já viu frustradas tentativas anteriores de emplacar nas urnas, mas garante que agora será diferente. "A ideia é assustar menos e mostrar a voz da periferia negra na Câmara". Ele é ligado também ao Carnaval paulistano e espera voto do povo do samba.

O número de candidatos a vereador em São Paulo de 2020 é o maior desde as eleições de 2008. Foram 1.997 pedidos de registros de candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), um aumento de 51,8% em relação a 2016.

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Nos tempos do sorvete azul da Cremilk

Por Nelson Manzatto

Thiago Ventura abre sessão extra e comprova ser fenômeno de público

Na terra em que stand-up é sinônimo de casa cheia no Polytheama, humorista faz dois shows sábado

A partir de segunda tem vacina contra gripe para os cinquentões

Campanha gratuita de imunização nas UBSs também vai atender crianças de cinco a nove anos de idade

Caipirostra

Pelo chef Paulo de Luna
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.