Jundiaqui
Jundiaqui

Paulo Prado vai com Ace e Jackie buscar títulos do American Agility Open

Jundiaqui
7 de abril de 2019
Adestrador jundiaiense disputa torneio em Itu com duplas de diversos países 

Entre quarta-feira (10) e domingo (14), tem competição internacional de esporte praticado em dupla por uma pesoa e um chachorro(a). O American Agility Open de Itu terá entre os cerca de 150 inscritos, um jundiaiense: Paulo Prado, que disputará duas categorias, uma com Ace e outra com Jackie. O adestrador já coleciona várias conquistas nas Américas e uma Mundial.Aberto ao público, o torneio terá atletas e cães de países como Estados Unidos, Canadá, Argentina e Chile em modalidade que foi inspirada no hipismo e vem ganhado muita força nos últimos anos, sendo uma prática muito positiva para o pet.

Paulo, 51 anos e que mora no Medeiros, conta que há 21 anos trabalha com adestramento, sendo esta sua sétima participação em torneios das Américas. "O objetivo é terminar o percursos como menor número de faltas e com menor tempo, isso é o que todos buscamos", diz.

Na categoria Midis, para cães de porte médio, ele competirá com Ace, um pastor de Shetland. E, na categoria Standard, para animais de grande porte, disputará junto com Jackie, um pastor belga Malinoá. Ace se destaca no país, isso por ser ranqueado entre os quatro melhores e fazer parte da seleção brasileira.

No currídculo de Paulo dentro do American Agility Open , estão três títulos de campeão individual e cinco por equipes na categoria Mini (pequenos), uma por times na Midi e outra na Standard. Ele é cinco vezes campeão brasileiro na mini, pela qual venceu o Mundial de Helsinki, na Finlândia, em 2008 - mesmo país que receberá a competição novamente agora em 2019.

O torneio em Itu será no Clube de Cãompo, um dos maiores hotéis fazenda para cães de São Paulo. O circuito conta com obstáculos e equipamentos como gangorras, rampas, muros, túneis, pneus, entre outros. “O agility estimula inteligência, obediência, socialização e condicionamento físico dos cães, aprimorando a educação dele e o bom relacionamento entre o dono e o animal”, afirma o médico veterinário e fundador do Clube de Cãompo, Aldo Macellaro Júnior.

Endereço: Rodovia SP 300 (Dom Gabriel Paulino Bueno Couto), km 95.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Nada de “inho”

Pelo chef Manuel Alves Filho

Jundiaiense e sua filha decepcionam nas eleições de Goiás

Depois de 5 mandatos seguidos na Alego, Isaura Lemos tentou em vão ir para Câmara Federal; Tatiana não herdou seus votos

Jundiaí em temporada de Encontro de Corais

Teatro Polytheama vai receber 29 apresentações até o dia 21, como o Zíper na Boca

“Planeta dos Macacos: A Guerra” é show digital dos primatas

Medo, ódio, compaixão estão em evidência como nunca nestes rostos artificiais cobertos de pelos
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.