Jundiaqui
Jundiaqui

Silvio Gebram deu um chute na ‘mosca’; líder soma 12

Jundiaqui
4 de julho de 2018
Corretor de seguros somou pontos em 29 partidas da Copa, mas está longe de Thiago na classificação

Edu Cerioni

Vinte e seis pontos separam Thiago Batista de Olim de Sílvio Gebram no Bolão da Copa do JundiAqui. Um tem 57 pontos e outro, 31. Mas quando se vê em quantas partidas cada um pontuou, a diferença é muito pequena: o líder fez pontos em 33 jogos e o 35º colocado, em 29. Isso mesmo! O que difere de um e outro é o placar exato.

Thiago acertou na "mosca" e somou três pontos um total de 12 vezes, o destaque entre os 41 participantes do Bolão do JundiAqui. Silvio é o extremo: só cravou um placar exato, em França 2 x 1 Austrália.

O acerto vale três pontos no Bolão e a aproximação, só 1 - aponta que tal seleção vai vencer ou que dará empate, mas errando o placar.

E não é só Silvio que derrapa por conta de não cravar na "mosca". Tainan Franco, por exemplo, pontuou em 32 partidas, mas está somente em sétimo lugar. Já Vitor Saiki Scarpinetti, Marcos César Duarte, Mauro César Lopes, Norberto Borracha e Sandro Leonhardt somaram pontos em 31 jogos. Destes, apenas Sandro aparece no pódio.

De todos, quem menos conseguiu pontuar a cada jogo é Sérgio Vitorino, um total de 20 partidas - 3 de três e 17 de um, na lanterninha.

Veja quantos acertos de 3 pontos cada um teve até o final das oitavas:

12 - Thiago Batista de Olim
9 - Gisela Vieira
7- Kleber Silva, João Luis Tomazzoni, Luly Alves, Norberto Borracha, Sandro Leonhardt e Val Junior
6 - Anelso Paixão, Christiane Grigoletto, Osmar Arroyo e Silvia Orenga Sandoval
5 -Fanfozo, João Ballas, Marcos César Duarte, Mauro César Lopes, Mil Taroba, Sandro Crisol, Tainan Franco e Thaty Marcondes
4 - Luiz Carlos Trefilio, Mariza Pomílio, Rivelino Teixeira e Zezé Ambrósio
3 - Adílson Freddo, Ana Laura Oliveira, Carlos Francês, Henrique Parra Parra, Ignesinha do Pandeiro, Manoel Granado Ruiz, Marina Dias Bianchini, Nivaldo Mosele, Pedro Fávaro Junior, Roberto Del Roy, Sérgio Vitorino, Stella Fabiane Martinez e Vicente Ferreira
2 - Abner Leandro, Cristina Zaba e Vitor Saiki Scarpinetti
1 - Silvio Gebram.

Uma curiosidade: os três acertos de três pontos de Ana Laura foram nas oitavas, depois de zerar na fase de grupo.



Veja como está a classificação após 56 jogos:

Pontos - Apostador
57 - Thiago Batista de Olim
45 - Gisela Vieira e Sandro Leonhardt
44 - Norberto Borracha
43 - Kleber Silva e Val Junior
42 - Christiane Grigoletto, João Luis Tomazzoni e Tainan Franco
41 - Anelso Paixão, Marcos César Duarte, Mauro César Lopes e Silvia Orenga Sandoval
39 - Fanfozo, Mil Taroba e Sandro Crisol
38 - Ana Laura Oliveira
37 - Luly Alves e Osmar Arroyo
36 - Mariza Pomílio, Thaty Marcondes e Vicente Ferreira
35 - João Ballas, Pedro Fávaro Junior e Vitor Saiki Scarpinetti
34 - Ignesinha do Pandeiro, Luiz Carlos Trefílio e Roberto Del Roy
33 - Carlos Francês
32 - Cristina Zaba, Henrique Parra Parra, Rivelino Teixeira, Stella Fabiane Martinez e Zezé Ambrósio
31 - Manoel Granado Ruiz e Silvio Gebram
30 - Marina Dias Bianchini e Nivaldo Mosele
29 - Abner Leandro e Adílson Freddo
26 - Sérgio Vitorino.



 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Fino paladar

Por Renata Iacovino

Campanha de medula e bazar no Grendacc, mas sem pedágio aqui

Verci Bútalo se desculpa por Jundiaí ter criado lei que impede Pedágio do Bem, que será feito nas cidades vizinhas

Agora trintão, Trio em Transe se renova e festeja com antigos e novos fãs

Cora Maria, 13 anos, toca violão com pai Tom Nando e parceiros de banda e encanta o público

Crônica da Cozinha – Doce trajetória

Pelo chef Manuel Alves Filho
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.