Jundiaqui
Jundiaqui

Técnico experiente ou ultrapassado?

Jundiaqui
29 de dezembro de 2019
Por Luis Cláudio Tarallo

Findado o Campeonato Brasileiro de Futebol 2019, há vários fatores a se considerar que fizeram a diferença entre vencedores e vencidos. Cito como exemplo a maneira de construir e manter uma equipe competitiva, o modo de gerenciamento das atividades em relação aos investimentos, as vantagens de se ter um centro de treinamento atualizado e a valorização e promoção da base de jogadores. Poderia ira além, afinal são reflexões necessárias. Entretanto, a questão que está “tirando o sono” de muitos dirigentes para 2020 e que abordo aqui é saber o seguinte: qual treinador melhor atende as necessidades de seu time?

As brilhantes atuações dos estrangeiros técnicos do Flamengo, o português Jorge Jesus, e do Santos, o argentino Jorge Sampaoli, levantaram dúvidas e suspeitas sobre a real capacidade dos técnicos nacionais. O próprio Santos foi buscar outro português para o lugar de Sampaoli - Jesualdo Ferreira -, enquanto outros apostam em novatos ou veteranos bem conhecidos.

Se os rodados técnicos brasileiros estão sendo questionados, imagine então as promessas... Mesmo com projeções promissoras e atualizado com a evolução do futebol, até mesmo o novo comandante do Corinthians gera dúvidas. Vitorioso no Athlético Parananese, Thiago Nunes realmente tem capacidade para dirigir uma equipe do tamanho do Timão? Obviamente só o tempo dirá...

Curioso e desafiador para as conclusões e debates é o fato de muitos técnicos serem definidos, muitas vezes injustamente, como ultrapassados, pela sua idade ou pela falta de resultados significativos naquele momento atual. Recentemente, o Palmeiras dispensou Felipão, mesmo ele vencendo com méritos o Brasileiro 2018, sendo que logo depois a mesma nação alviverde assistiu a demissão do Mano Menezes. Restou a dúvida se o clube  também contrataria um estrangeiro.

Falou-se muito em Sampaoli e até no espanhol Miguel Angel Ramirez, de 35 anos. Sobre o espanhol logo vieram as suspeitas: ele conseguiria, por ser tão novo, comandar jogadores experientes e até mais velhos e com uma vivência maior no mundo futebolístico? A opção foi a contratação de um dos maiores vencedores e experientes do futebol nacional, o "Professor" Luxemburgo. Será que vai dar certo?

Até então definido como desatualizado e ultrapassado, fez excelente trabalho no Vasco. Agora, contrariando o que se dizia antes, chega ao clube sendo considerado o profissional certo para impulsionar o Verdão nas competições de 2020. Idade neste caso não foi considerada um empecilho.  Luxemburgo tem 67 anos e precisamos lembrar que Jorge Jesus, o atual  e badalado campeão, tem 65 anos, sendo que Jesualdo chega aqui para estrear aos 73 anos.

O que está em jogo com Luxemburgo no Palmeiras é se os técnicos mais rodados e polêmicos do Brasil são ultrapassados ou se possuem a experiência necessária que faz a diferença para que tragam os sonhados títulos.

Luis Cláudio Tarallo é técnico de basquete
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Em fevereiro tem Carnaval, sim senhor! E com 56 festas em Jundiaí

JundiAqui traz todos os desfiles, esquentas, ensaios de escolas, bailes e matinês com serviço completo – inclusive preços

Na seleção da Islândia uma jundiaiense é a numero 1 dos estudos

Beatriz Ladeira tem 15 anos e venceu uma disputa nacional em matemática, história e, acreditem, no idioma nórdico que vem desde a época dos vikin [ ... ]

Bruschettas brie e parma

Por Paulo de Luna

Refogado do Sandi tem 27 rainhas em sua história

Ana Regina foi a primeira desfilar com a faixa mais cobiçada do nosso Carnaval
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.