Jundiaqui
Jundiaqui

Insanos MC amplia solidariedade com Minas Gerais na Festa da Uva

Jundiaqui
1 de fevereiro de 2020
 

Mais de 50 motociclistas uniformizados, de Jundiaí e região, doaram 1.128 quilos de alimentos durante o evento

Com a estimativa de arrecadação acima de uma tonelada de alimentos, uma ação do Insanos Moto Clube ampliou para as cidades mineiras atingidas por tempestades o espírito solidário da Festa da Uva.

No sábado (1) os motociclistas se encontraram no bolsão sob o viaduto da avenida Jundiaí e seguiram no início da tarde para o Parque da Uva.

Surgido a partir da capital com a missão de fazer o bem com disciplina, o Insanos MC tem mais de 700 integrantes em diversas cidades paulistas – e reuniu cerca de 400 deles em um festival no mês de janeiro, no centro Cabreúva.

 

Há duas semanas, com a tragédia climática em Minas Gerais, os membros de Jundiaí e região decidiram convidar os demais para uma ação, aprovada pelo presidente Jonatas Kiss e demais diretores.

A Festa da Uva foi envolvida pelo seu caráter também solidário, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade. Ali as frutas expostas são leiloadas, as frutas restantes são doadas e a gastronomia apoia festas comunitárias e entidades assistenciais.

Curiosamente, o ponto de encontro usado pelo motoclube tem uma relação entre Jundiaí e Minas. Se um dos marcos em Belo Horizonte foi o transbordamento de riachos enterrados, na cidade a canalização do córrego do Mato (um dos limites naturais do centro) foi evitada em 2008 no projeto de reforma da avenida Nove de Julho por manifestações da comunidade.

Os motociclistas do Insanos, por sinal, parecem estar atentos a questões como o clima.

Fotos: Danilo Marchetto/Reprodução
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Sexta tem Parada de Natal e comércio até 22 horas

  Quem passar pelo Centro poderá conferir a Aldeia de Natal até dia 24 

A dignidade humana

Por José Renato Nalini

Vovô do pífano que tocou para Lampião chega aqui aos 98 anos

Sebastião Biano faz show no feriadão no Sesc Jundiaí com seu “Terno Esquenta Muié”

Sérgio Roveri escreve peça sobre maestro João Carlos Martins

Jundiaiense baseou o texto em uma das várias cirurgias às quais o pianista foi submetido; estreia é nesta quinta
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.