Jundiaqui
Jundiaqui

Galeria de Artes Virtual do JundiAqui ganha cores de formas de Alice Vilhena

Jundiaqui
26 de junho de 2020
O trabalho dessa artista deu a volta ao mundo; ela começou como brincadeira aos 8 anos

Aos 50 anos, Alice Vilhena tem no currículo mostras na França, Estados Unidos, Itália, Alemanha, Portugal, Espanha e até Ásia, assim como toda a  América Sul... A artista e professora de artes tem uma pintura minuciosa e que nos leva a refletir sobre diferentes temas, como em defesa da vida - um olhar questionador sobre os desafios para índios e outras minorias - e dos animais em extinção - com desenhos baseados em suas peles.

"A dedicação à pintura me levou a ver as coisas de uma nova maneira, a perceber arte em lugares e formas inusitadas. A partir daí, o universo e os elementos ganharam outra dimensão, as formas foram surgindo de maneira surreal, resultando num trabalho cheio de movimento e luminosidade, cujo desafio é criar sensações óticas".Alice é dona de escola de artes no Anhangabaú e responsável pela formação de muitos artistas nas últimas décadas, por isso ganha a homenagem do JundiAqui.



Fotos: Edu Cerioni
Jundiaqui
Você vai
gostar de

A Jundiahy dos tropeiros

Por Vivaldo José Breternitz

Ciesp comemora 41 novos associados e vê que ‘pior já passou’

Balanço é feito por Marcelo Cereser em reunião com diretores, conselheiros e associados

Professora de matemática tem 100 inscritos em canal voltado ao Enem

Marido criou cenário para que Míriam Tohi ajude estudantes durante a pandemia

Psiquê em Música lota sessão extra de “A Depressão em Versos e Notas”

Rita Cerioni ajuda jundiaienses a refletirem sobre as dores da alma entre canções interpretadas por Tom Nando e Mil Taroba
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.