Jundiaqui
Jundiaqui

Celmi e Celeti: onde a vida acontece para quem tem mais de 40 anos

Jundiaqui
14 de junho de 2017
Os dois centros de educação e lazer têm dezenas de cursos e atividades em nome da longevidade do jundiaiense

Terceira idade ou melhor idade? O certo é que Jundiaí conta com dois centros que têm muito a oferecer para os que passaram dos 40 anos. Essa é a única exigência, porque no mais tanto Celmi quanto Celeti abrem um gigantesco leque de opções que vão ampliar em muito a sua alegria de viver.

"A longevidade do jundiaiense, com qualidade de vida, passa por aqui", diz o coordenador dos dois centros, Eusébio dos Santos.

O Celmi chegou primeiro. É o Centro de Educação e Lazer para a Melhor Idade, localizado à avenida dos Ferroviários, 2.100, Centro. Já soma 15 anos desde sua criação e hoje tem algo em torno de 800 alunos.

O Celeti surgiu no ano passado, como extensão do Celmi. O Centro de Educação, Lazer e Entretenimento para a Terceira Idade funciona à rua Guido Tomanik Adolfo, 1.912, no Parque da Represa.

Os dois juntos chegam a algo em torno de 60 diferentes cursos.

"Voltado não apenas à terceira idade, mas a todos com 40 anos ou mais, o Celmi, por meio de cursos, contempla os mais diversos interesses da população, da parte física à mental, sem deixar de lado a cultural e a espiritual", diz Eusébio, destacando a localização do centro dentro do chamado Complexo Fepasa.

"Este lugar, que respira passado, presente e futuro em suas paredes repletas de arte e cores sobre tijolos centenários, vem sendo um polo de acolhimento e bem-estar, referência para muitas pessoas que, aos poucos, despertam para o fato de que envelhecer não é sinônimo de chegar ao fim, mas sim de escolher novos recomeços, a cada dia, a cada aula assistida e amizades construídas". E completa: "No Celeti o acolhimento e as ofertas são as mesmas, com um toque mais moderno".

Celmi e Celeti têm uma grade curricular bem maleável, o que significa a criação de novos cursos de acordo com o desejo dos alunos. São tradicionais e fazem sucesso cursos como de informática, pintura, idiomas como inglês e espanhol, design de joias, mecânica e violão.

Há aulas de lian gong, feng shui e zumba. Tem filosofia e meditação. Tem maquiagem e nutrição. Se você preferir, há também as turmas de coral, de fotografia, de jardinagem... "Só não vale ficar em casa parado", avisa Eusébio.


Informações: (11)  4521-4385

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Kekerê em quase 500 fotos você só vê no JundiAqui

Edu Cerioni traz um pouco do que foi a grande agitação do nosso Carnaval de rua

Em noite de festa quíntupla no Casa Cica

Vânia e Silvia Mazzoni, Eloise Lembke, Paula Menuchi e Marisa Sampaio comemoram aniversário juntas

Aniversário do dono do boteco é trabalhando e rodeado de amigos

Dori Natura festejou com muito som seu niver nesta quinta-feira

Alckmin volta a Jundiaí para vistoriar obras sobre Anhanguera

Governador veio ver o andamento dos trabalhos no Viaduto das Valquírias nesta terça-feira
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.