Jundiaqui
Jundiaqui

Cereser produz pela primeira vez na história álcool 70% para ajudar hospitais

Jundiaqui
3 de abril de 2020
Doação será de 5.000 litros em Jundiaí e, em caso de necessidade, fabricação será ampliada

Edu Cerioni

A CRS Brands, mais conhecida aqui com o nome antigo de Cereser, entrou forte na campanha do álcool 70% para beneficiar hospitais, unidades de saúde e entidades assistenciais de Jundiaí na guerra ao coronavírus. Tem sua história iniciada em 1926 e esse tipo de produção é inédito.

A empresa com sede no Caxambu começou a doação do produto nesta sexta-feira (3). Serão pelo menos 5.000 litros divididos em distribuição semanal - isso porque HU e outros não têm condições de um grande armazenamento. E se precisar de mais, a fabricação será retomada, diz a diretora de Desenvolvimento Humano e Organizacional, Tatiani Velardi. "Mas não vamos comercializar nada, não é esse nosso objetivo", avisa.

"É um ato cívico e que é resultado do esforço de muita gente", explica sobre o envolvimento desde a equipe de engenharia química, passando pela produção, almoxarifado, entrega... "Quando o vírus começou a se espalhar pelo país, a diretoria executiva se reuniu e determinou que tínhamos que ajudar de alguma forma, está no nosso DNA, é nossa missão", conta a diretora.

A primeira ideia era fazer álcool em gel, mas este não tinha como ser formulado pela CRS Brands sem ajuda de terceiros, o que poderia inviabiliar a proposta. Foi aí que Tatiani abraçou a ideia do álcool 70 graus, tão importante quanto a versão em gel, em ação que beneficiou todos os colaboradores - 330 deles, entre fixos e temporários, receberam um frasco de 500 ml do produto para usar em suas casas - e que agora ultrapassa os muros da indústria. "E mesmo querendo doar, teve todo um esforço, não foi tão simples assim", revela ela.

Um dos produtos mais indicados para evitar a proliferação do coronavírus, na CRS Brands o álcool 70º foi feito a partir do álcool 96º, uma espécie de rebaixamento. O 96 é comprado e serve de base para as diferentes bebidas da marca.

A empresa que nasceu de uma fazenda de produção artesanal de vinhos, exporta para mais de 40 países e tem no portfólio a Sidra Cereser, a Frizée, os vinhos Dom Bosco e Massimiliano, o filtrado Chuva de Prata, a aguardente 88,  o aperitivo com malte whisky Chanceler, o espumante Georges Aubert, as vodkas Kadov e Roskoff e o vermouth Cortezano, entre outros.

Apesar da crise, a fábrica opera normalmente. "A produção se mantém, até porque há demanda. Mas adotamos dois turnos e uma escala diferente para ter menos gente aglomerada, inclusive mudamos a forma de servir no refeitório, entre outras ações rígidas em nosso protocolo interno para conter o avanço do vírus".

Além do Hopsital Universitário (HU), também Hospital São Vicente de Paulo, AMA Jundiaí, Fundo Social de Solidariedade, Amarati e posto de saúde do Caxambu já receberam a doação. Tatiani lembra que a CRS conta nesse projeto com a parceria dos fornecedores de material para embalagens Emplas e Flexoprint.

MAIS AJUDA

Outras indústrias e comércios de Jundiaí também estão colaborando com hospitais, Funss e entidades. Veja:

CASTELO ALIMENTOS  doou 10 mil frascos de álcool em gel e 1.000 borrifadores para álcool 70% ao Grendacc, Lar Nossa Senhora das Graças, Polícia Militar e hospitais. A empresa oferece ainda kits de alimentos para crianças carentes.

SPUMAPAC doou para o Fundação Municipal de Ação Social (Fumas) 30 mil embalagens de isopor em formato de marmita, com tampa, que já estão sendo usadas para distribuição de sopa pelo Programa de Suplementação Alimentar. O programa atende crianças de 6 meses a 12 anos, gestantes, nutrizes, idosos e pessoas em estado de convalescença de alguma doença.

FERRÁSPARI doou 500 litros de água para o setor de isolamento dos pacientes com suspeita da Covid-19 do Hospital São Vicente.

PADARIA SCHIAVI arrecadou, durante sete dias de ação solidária, 1.182 pães doados para o São Vicente.

INNOVA e BELLOCOPO se uniram e doaram também ao São Vicente copos, pratos, garfos, colheres e facas descartáveis.

CACAU SHOW doou para funcionáriuos dos hospitais públicos da cidade chocolate e trufas.

E MAIS: o Funss tem recebido doaçãoes como do Grupo Afeto, formado por mulheres associadas ao Clube Jundiaiense, do empresário Marcelo Zampieri, do Vencedor Atacadista, do Assaí Atacadista, da Casa do Doce, do BOA Supermercados, da Chemetall, da Fuel Suplementos, da WART-NP Negócios, da Covabra Supermercados, da Spumapac e da Rede Farmavida.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

12ª Parada do Orgulho LGBT de Jundiaí

Por Kelly Galbieri

“O Trenzinho do Caipira” fecha ano da Orquestra Municipal

Concerto no Teatro Polytheama é gratuito neste sábado à noite

ar

estou falando pra mim estou falando pra você que sinto sente esses tempos duros brutos -relógios de coturnos- que vejo vê os braços cansarem de na [ ... ]

Os desafios da indústria 4.0

Por José |Arnaldo de Oliveira
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.