Jundiaqui
Jundiaqui

Entre abertura e fechamento, Jundiaí tem 379 MEIs a mais este ano

Jundiaqui
17 de junho de 2019
Levantamento aponta que cidade aposta em novos microempreendedores

De janeiro a maio de 2019, Jundiaí ganhou novos 1.336 e perdeu 957 MEIs, diferença de 379. O nome refere-se a microempreendedor individual (embora seja permitido a contratação de um funcionário) com negócio que pode faturar até R$ 81 mil ao ano.

Ao todo, beiram 18 mil os registros ativos de MEIs na cidade, com donos de salão de beleza (cabeleireiros, manicures e pedicures) sendo a maioria.

Muitos desses microempreendedores estão sendo ajudados pelo Fundo Social de Solidariedade (Funss), que disponibilizou 4.726 vagas gratuitas em cursos de qualificação profissional, workshops e oficinas agora em 2019. Em 2018, durante todo o ano, foram ofertadas 5 mil oportunidades.

De acordo com a presidente do Fundo Social, Vanessa Machado, a iniciativa é possível graças aos esforços da administração e às parcerias estabelecidas com instituições de ensino que viabilizam os módulos sem gerar gastos aos cofres públicos.

Independente do motivo para abrir o negócio, seja oportunidade ou necessidade, empreender requer preparo, segundo o consultor Naor Sampaio Júnior, da NS Consultoria. Ele diz que antes de abrir uma empresa é necessário fazer um planejamento e estudar o modelo de negócio a ser montado. “Às vezes as pessoas têm o conhecimento técnico, mas não conhecem nada de gestão administrativa e financeira. Este é o maior problema entre quem empreende.”

Uma dica é procurar a Associação Comercial Empresarial de Jundiaí (ACE), que mantém a Escola de Negócios, com cursos e capacitações de empreendedores, além do grupo de networking Unace.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Juízo ou falta de juízo?

Pelo Dr. Didi

Pneu furado na última volta tira jundiaiense do Mundial de e-MTB

Thiago Velardi fez história ao ser um dos 45 no grid de largada da estreia da bike elétrica no Canadá

Leões da Hortolândia leva samba e alegria ao Caxambu

JundiAqui traz o ensaio da escola de samba, que vai homenagear a imprensa este ano

Gestor de Cultura em palco de São Paulo aos sábados e domingos

Marcelo Peroni está em cartaz no Teatro Alfa com a peça “É Tudo Família”
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.