Jundiaqui
Jundiaqui

Fátima Bernardes anuncia jundiaiense vencedora do Professor Nota 10

Jundiaqui
17 de julho de 2019
Arabelle Barbosa Calciolari vai receber prêmio em setembro com projeto que desenvolve no Corrupira

O programa "Encontro com Fátima Bernardes" trouxe uma grande notícia para Jundiaí na manhã desta quarta-feira (17), a de que a professora do ensino municipal Arabelle Barbosa Calciolari, de 35 anos, está entre os dez selecionados de todo o país para o Prêmio Educador Nota 10. O prêmio é considerado um dos mais importantes do Brasil e é entregue em parceria pela Fundação Victor Civita e Rede Globo.

A jundiaiense passou pela primeira fase na disputa que contou com 4.876 inscritos. Agora, superou nova etapa que reunia 50 concorrentes. Seu projeto é sobre os Beatles, que ela desenvolve com os quartos anos da Emeb Maria Angélica Lorençon, no Corrupira, durante o ensino da língua inglesa.

Em Jundiaí, todos os alunos têm aulas de inglês na rede pública a partir dos quatro anos de idade, sendo que mil desses estudantes de 10 anos de idade de 19 escolas também passarão a aprender o italiano a partir do segundo semestre.

A professora colocou em prática a visão de aprendizagem do idioma estrangeiro que prioriza a exposição dos alunos à língua autêntica e viva. Ela modulou as etapas de sua sequência didática sobre os Beatles de acordo com a curiosidade dos alunos 4º ano, aguçada pelos materiais de qualidade levados para a sala aula.

Arabelle, então, apresentou oito canções da banda inglesa, cada uma por meio de exercício de listening diferente, variando as estratégias. Em seguida, as letras não foram traduzidas, ocorreram conversas sobre o que as crianças entenderam, construindo a compreensão de maneira coletiva.

A história de cada composição, informações sobre o contexto das décadas de 1960 e 1970 e o engajamento político que a banda adotou foram acrescentadas por Arabelle e assim a turma entrou em contato com questões como a segregação racial e a guerra do Vietnã.

Vasti Ferrari Marques, gestora de Educação, lembra que “é um orgulho para nossa cidade, principalmente porque este é o 5º prêmio que conquistamos só em 2019, entre concursos para estudantes e professores”.

Os 10 vencedores são premiados com R$ 15 mil cada, enquanto as escolas recebem R$ 1 mil. A cerimônia de premiação que escolhe o Educador do Ano entre um dos finalistas acontecerá na Sala São Paulo, na Capital, no dia 30 de setembro. O Educador do Ano é contemplado com mais um prêmio de R$ 15 mil e sua escola com R$ 5 mil.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Singer e Vigorelli ajudaram a costurar a história de Jundiaí

Por Vivaldo José Breternitz

Na luta pelo basquete divino de Jundiaí

Por Luis Cláudio Tarallo

Irmãos Castilharcas no Happy Hour do Maxi

Dupla de Jundiaí se apresenta nesta terça-feira com clássicos do pop rock

Porco

Pelo chef Manuel Alves Filho
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.