Jundiaqui
Jundiaqui

Feiccad oferece preços e muitas opções para quem quer comprar imóvel

Jundiaqui
19 de julho de 2018
Abertura da feira no Maxi Shopping, que conta com 80 empresas expositoras, é cercada de boas expectativas
A 15ª Feiccad – Feira do Imóvel, Construção, Condomínios, Arquitetura e Decoração, que tem entre seus apoiadores o JundiAqui, começou em clima de grande expectativa de que se realizem bons negócios até o domingo (22).

Adelson Lopes, organizador da feira, resumiu o momento: "É a melhor fase em alguns anos, porque há um clima de retomada econômica favorável. E o melhor é que os imóveis estão com preços baixos e isso gera grandes oportunidades para quem tem alguma reserva financeira. Também existe uma maior facilidade em conseguir crédito".

Com a presença dos prefeitos de Itupeva, Marcão Macri, e de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, a abertura nesta quinta-feira (19) teve discursos de otimismo. Divertido, Marcão brincou que o superintendente da Caixa Federal lhe confidenciou que sobra dinheiro. "Então, a hora é agora".

José Luiz Pavanelli, da Caixa, citou que foram financiados 10,5 milhões de imóveis nos últimos dez anos, metade deles pelo Minha Casa, Minha Vida, mas que ainda há um déficit habitacional considerável e que a Feiccad vai permitir que muitos consigam a casa própria.

Machado preferiu um tom mais áspero para falar em coragem de mexer no Plano Diretor Participativo que foi feito pela administração anterior e que, segundo ele, "reduzia a capacidade da economia de Jundiaí."

Para o gestor Messias Mercadante, do Desenvolvimento Econômico, os empresários estão com muita vontade de recuperar a economia e isso também é o que sinaliza o Governo Federal, "então quando todos convergem para um objetivo, a tendência é de melhorar".

Greve dos caminhoneiros e Copa do Mundo, segundo Adelson, estão no passado e que a gora é agarrar as oportunidades.

Uma dessas é apresentada pela LGM, por exemplo, que levou à Feiccad a Portaria Virtual. Geraldo Gilberto da Silva assegura que essa tecnologia reduz custos com mão-de-obra para condomínios em até 60%. "É ideal para até 40 unidades", avisa.No Piso G3 do Maxi Shopping, a feira deve atrair aproximadamente 8 mil pessoas nos quatro dias, movimentando algo na casa de R$ 10 milhões em negócios. A entrada é gratuita - para ter acesso sem fila, basta fazer o credenciamento antecipado online, no site www.feiccad.com.br.

15ª FEICCAD
Data:
 de 19 a 22 de julho
Horário: Dias 19 (quinta-feira) e 20 (sexta-feira), das 15h às 22h; dia 21 (sábado) das 12h às 22h; e dia 22 (domingo) das 12h às 20h
Local: Piso G3 do Maxi Shopping Jundiaí
Endereço: Av. Antonio Frederico Ozanan, 6.000, Vila Rio Branco.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Dias de chuva

Por Wagner Ligabó

Trens abandonados na linha da CPTM em Jundiaí são destruídos

Vagões que ocupam trilhos atrás da Sifco estão virando sucata de ferro

Acabou em pão de queijo

Por Vera Vaia

Escritório Contábil Colonia comemora seus 50 anos

Dona Neuza divide o comando hoje com o filho Renato e a nora Edna
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.