Jundiaqui
Jundiaqui

Antônio Gallo Netto fez história atrás das câmeras

Jundiaqui
19 de maio de 2017
Um pouco da história do cinegrafista que registrou mais de 200 jogos do Paulista

Cinegrafista e radioamador, Antônio Gallo Netto morreu aos 81 anos, em 19 de junho de 2016. Teve loja na Vila Arens aberta desde 1957 (hoje tocada pelos familiares). Gallo desenvolveu seus conhecimentos prestando serviços de conserto e manutenção e operando variada gama de equipamentos eletrônicos.

Em 1965, fez o seu primeiro contato com a mídia televisiva, trabalhando como operador de microondas da TV Tupi.

Em 1976, trouxe o recurso de vídeo-câmera para Jundiaí e, desde então, passou a utiliza-lo nas filmagens de formaturas e casamentos, assim como na produção de vídeos institucionais.

A partir de 1985, prestou serviços para as TVs Bandeirantes, Manchete e Rede Vida, em reportagens de interessa de região, além de documentar em vídeos os jogos do Paulista Futebol Clube.

Ao longo de 15 anos, Gallo gravou nada menos do que 200 jogos do time jundiaiense em campeonatos oficiais, com sua equipe por todo o Brasil - inclusive as partidas que renderam o título de 2005 da Copa do Brasil - acervo que doou para a TVE Jundiaí em 2013.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Voltaire teria razão?

Por José Renato Nalini

Orquestra Municipal abre temporada de encontros

Vão ser grandes momentos nesta temporada, que vai contar com solistas como Fabio Zanon

Paróquia São Roque Cruzeiro em tempo de Festa do Padroeiro

Quermesse com pastel e outras gostosuras acontece aos sábados e domingos

Amigos abraçam Edu Cerioni (e as cervejas) em aniversário

Muita gente foi ao Bar Natura comemorar com o editor do JundiAqui
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.