Jundiaqui
Jundiaqui

Antonia, Pedro e Armando: triângulo amoroso que virou escândalo

Jundiaqui
18 de janeiro de 2020
Por Vivaldo José Breternitz

Conforme relatava a "Folha de São Paulo" de 28 de julho de 1964, um tal de Pedro das Vacas casou-se apenas no religioso com uma certa Antonia. Pedro, que não era flor que se cheire, envolveu-se em furtos e acabou ficando preso durante longa temporada. Com Pedro no xilindró, Antonia casou-se com Armando, no civil.

Ao sair da cadeia, Pedro foi viver na Vila Hortolândia, vizinho a Antonia e Armando. Em um certo domingo, em um bar da região, Pedro acabou discutindo e sendo agredido por um grupo de desconhecidos, o que talvez tenha acontecido em função de sua condição de "marido traído".

Exasperado, armou-se de um porrete e resolveu matar Antonia; Armando, defendeu a mulher acertando dois tiros de garrucha na boca de Pedro, que ficou ferido.

No final de tudo, os dois maridos na cadeia e Antonia sozinha...

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Jura toca bar há 42 anos no mesmo ponto

É na Ponte São João aquela que talvez seja esquina mais tradicional entre todas as que têm um boteco em Jundiaí

Gesto impensado

Por Vera Vaia

Wifi liberado avança e chega aos velórios municipais

A rede de internet gratuita exige que você faça um cadastro e ele vale para parques etc

Festival de Dança e estreia do “Jornal da Bem-Te-Vi” no Polytheama

Eles têm Síndrome de Down sim, mas sabem dançar e emocionar o público
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.