Jundiaqui
Jundiaqui

Cica ajudou a imortalizar o elefante Jotalhão

Jundiaqui
25 de setembro de 2019
Há 50 anos o gigante que nasceu rosa e virou verde é sinônimo de extrato de tomate. E tudo começou numa tirinha

Foi em junho de 1958 que a "Folha de São Paulo", na seção de histórias em quadrinhos, publicou uma tira do Cebolinha onde o personagem perguntava à sua amiguinha Mônica, que puxava um elefante pela tromba: "Não sei, não… mas acho que sua mãe pediu foi massa de tomate!…" Brincava-se, nessa tira, com o engano da Mônica. A mãe pedira um extrato de tomates que tinha a marca de um elefante no rótulo e a menina confundira tudo. A gozação era com a Cica de Jundiaí, que comprou a ideia e desde 1969 e até hoje tem parceria com o gigante verde de Mauricio de Sousa.

Foi graças à Companhia Industrial de Conservas Alimentícias, nascida aqui em 1941, que o personagem alçou um voo mais alto do que seus quilos a mais permitiriam alcançar em condições normais. "Enio Mainardi, da agência Proeme, viu a tira e me telefonou perguntando se poderia programar uma nova campanha usando os personagens e o tema. Consenti, e assim nasceu a campanha que me levou para a televisão, via comerciais, e resultou em cerca de 90 filmes nos primeiros anos de contrato com a Cica", contou anos atrás o criador do Jotalhão.

Mauricio de Sousa promoveu uma significativa mudança no visual do personagem para adaptá-lo à nova empreitada. “No começo ele era cor de rosa, nem sei o porquê. Saía assim na Folhinha de S.Paulo, antes da parceria com a Cica. Depois, com o contrato, achei que seria melhor esverdeá-lo para conseguir melhor contraste nas latinhas do extrato de tomate. Ficou algo meio ‘italianado’, como eu queria.”

A partir dali, teve início uma longa parceria que rendeu comerciais que marcaram gerações e deram origem ao bordão “Ô, Mônica! Você tem certeza de que sua mãe pediu um elefante?”, imortalizado na voz do ator Túlio de Lemos. E Jotalhão continua presente nos supermercados, afinal ilustra a lado do Extrato Knorr Elefante, isso porque a Cica pertence à Unilever desde 1993.

Jotalhão também fez muitas participações nos desenhos animados da Turma da Mônica, aparece mensalmente nas revistas em quadrinhos daqueles personagens em aventuras próprias e continua estrelando linhas de brinquedos, de jogos e de bonecos.



 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Jundiaí: extremos no país mais desigual do mundo

Por José Arnaldo de Oliveira

Natal do Centro é mágico aos olhos da criançada

ACE e CDL se unem para alegrar a temporada de compras de milhares de jundiaienses

O empate do Brasil

Por Cláudia Bergamasco

Gatos e cães ganham mais sossego na cidade, agora sem rojões

Aprovação de projeto de lei aconteceu depois de três anos e por unanimidade
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.