Jundiaqui
Jundiaqui

Hoje não tem palhaçada do Chumbrega, não tem não senhor

Jundiaqui
6 de agosto de 2020
Palhaço falecido pela Covid-19 em Jundiaí atuou em pelo menos 7 circos

Athos Silva Miranda morreu aos 77 anos no Hospital São Vicente de Paulo nesta segunda-feira (3). Com isso, saiu de cena o grande Palhaço Chumbrega, um dos artistas mais antigos no ramo circense e que ultimamente fazia espetáculos pelo Circo Di Napoli. Antes, fez parte das trupês dos circos Di Roma, Spacial, Charles Barry, Stankowich, Beto Carrero e Marcos Frota.

Nascido em Birigui, Chumbrega divertiu crianças do Brasil todo ao longo das últimas décadas. Era querido em todo lugar e sua morte gerou notas de pesar de Fundação Nacional de Artes (Funarte) e do Centro de Memória do Circo.

A morte de Athos, embora aqui, não entrou nos dados da Prefeitura Municipal, porque ele foi internado via Campo Limpo Paulista - o dia 3 de agosto foi o primeiro desde 19 de julho sem mortes pelo novo coronavírus de residentes em Jundiaí.

Fotos: Reprodução Facebook/Paulo Pinto
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Clubes tentam reabrir também a partir de 11 de maio

Pedido para Doria tem apoio de jundiaienses para que ocorra liberação de entrada dos sócios

Tom Zé, enfim, traz suas “Canções Eróticas de Ninar”

Às vésperas de fazer 82 anos, ele vem ao Sesc com suas mais tenras memórias sobre a descoberta do sexo

Mageiver churrasqueiro

Pelo chef Manuel Alves Filho

Jundiaí supera a casa de mais de dez mil contaminados

Avanço de mil novos casos levou dez dias; nas últimas 24 horas, foram 162 novas contaminações
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.