Jundiaqui
Jundiaqui

Jundiaí dá adeus a Castro Siqueira, em velório rápido para familiares

Jundiaqui
21 de março de 2020
Filha contou que ele não gostava mesmo da ideia de ter um monte de gente na despedida

"Com o coração apertado, cheio de saudades, comunico o falecimento do meu pai, Antonio Carlos Castro Siqueira. Depois de um AVC grave e hospitalizado desde 13/03, ele descansou. Acreditamos que tudo  tenha uma razão de ser, ele nunca quis um velório cheio... com a situação que vivemos, foi da sua vontade".

O texto foi postado por Lívia Maria, um dos três filhos do ex-vereador e secretário de diferentes administrações de Jundiaí, enterrado neste sábado (21), dia em que velórios  foram  reduzidos a no máximo uma hora pelo temor do coronavirus.

Castro Siqueira deixou aos 76 anos também os filhos João Paulo e Taís Helena, frutos do casamento com Beatriz.

Duas vezes secretário de serviços públicos a partir de 1996 e uma de assuntos fundiários, foi vereador, candidato a vice-preito e a deputado.  Foi do MDB ao PMDB e depois ao PSDB, fazendo parte do grupo tucano que ditou rumos da cidade por anos seguidos. Atuou em todos os governos de Miguel Haddad.

Foi sepultado às 16h na presença dos familiares. O recado dos filhos foi esse: "Aqueles que quiserem prestar alguma homenagem, sugerimos fazer o que ele sempre fez: ajudar quem precisa sempre e da forma que der. Ajude seu vizinho idoso ao fazer compras por ele. Divida o álcool em gel. Fique em casa o máximo possível. Faça uma doação ao Hospital São Vicente. Faça uma oração. Mande boas energias aos profissionais que estão na linha de frente do combate. Faça o bem, sem olhar a quem".

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Leandrinho cumpre promessa entre Jundiaí e Aparecida

Jogador de basquete fez 274 quilômetros de bicicleta para arrecadar doações e levar comida a carentes

Peixe pequeno, grandes memórias

Pelo chef Manuel Alves Filho

Médico morto por Covid-19 em Itatiba estava morando em Jundiaí

Dr. Otoniel tinha 62 anos e era aposentado, mas voltou a atuar na Santa Casa desde o começo da pandemia

Justiça do Trabalho põe estádio do Paulista em leilão novamente

Lances são esperados até 24 de novembro, sendo o mínimo de R$ 17,55 milhões
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.