Jundiaqui
Jundiaqui

Umbanda em estado de luto com a morte do Pai Nenê

Jundiaqui
31 de julho de 2020
Pai-de-santo Eldiamor Brescancini foi um dos mais respeitados sacerdotes de nossa região

Faleceu Eldiamor Brescancini aos 71 anos, nesta quinta-feira (30). Fica agora a lembrança do honrado Pai Nenê, que sempre atuou com muita seriedade e respeito, engrandecendo a Umbanda.

Ele trabalhou por uma vida toda para ajudar as pessoas que recorriam à Tenda Espírita de Umbanda São Cosme e São Damião, no Vianelo. Recebeu a missão de seu pai e a passou ao filho, ambos chamados Bruno, formando muitos e muitos médiuns e sacerdotes.

Devido à pandemia da Covid-19 e respeitando as normas dos Órgãos de Saúde, o velório foi fechado apenas aos familiares, com o corpo enterrado no Cemitério Nossa Senhora do Desterro, no Centro, nesta sexta (31).

O babalorixá Pai Bruno Brescancini, filho do Pai Nenê, postou no Facebook: "Agradeço o carinho e o respeito de todos ao nosso eterno babá, que volta a Orum para encontrar todas divindades e orixás e olhar sempre por nós".

A Tenda Cosme e Damião tem 61 anos de história em Jundiaí, completados em maio último. Fica na Rua José Gaspari Sobrinho, nº 430.

Antes da quarentena, por ali passavam mais de 1,2 mil pessoas todos os meses à procura por alguma ajuda, alento ou para agradecer. É reconhecida como de utilidade pública pelo município e pelo Estado de São Paulo e nos 60 anos foi homenageada pela Câmara Municipal de Jundiaí.

São cerca de 60 filhos-de-santo com mediunidade que prestam atendimento na Tenda. As giras ocorrem às terças-feiras, às 20h, e aos sábados, às 17h.

Foi em 1959 que Bruno Brescancini fundou a Tenda, que comandou até sua morte, em 1985, passando então para Eldiamor. Pai Nenê era casado com a Ialorixá Marlene Chiesa Brescancini, com quem teve os filhos Adriana e Bruno Fábio Brescancini.



Fotos: Reprodução Facebook
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Trio em Transe te convida a ir curtir som nas cavernas do Petar

Programação é para três dias, com preço a partir de R$ 349,00 por pessoa

O caos do fim de governo

Por José Arnaldo de Oliveira

Exposição de John Lennon no MIS tem curadoria de jornalista jundiaiense

Ricardo Alexandre trabalha na mostra que traz fotografias feitas por Bob Gruen

Estado registra 11,1 mil óbitos e 190 mil casos de coronavírus

Em meio a flexibilização de comércios, São Paulo tem dia de recorde de mortes
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.