Jundiaqui
Jundiaqui

Carnaval e futebol: simplesmente fenomenais

Jundiaqui
1 de março de 2019
Por Luis Cláudio Tarallo

O que tanto o futebol e o carnaval conseguem oferecer aos seus admiradores? E o que tanto se parecem ou se completam? De certo, ambos arrastam multidões que se fanatizam. Os dois têm seus seguidores dos mais fiéis.

No carnaval como no futebol, após uma temporada inteira de dedicação por parte dos gerenciadores, trabalhadores, fornecedores, de todos aqueles que de uma maneira ou de outra ajudam a construir um dos maiores espetáculos artísticos e talentosos do mundo, o que se aspira é o título. Se busca o reconhecimento e, principalmente, a capitação de mais admiradores para seu samba e escola como também acontece com o time.

Quantas paixões e dedicações para atrair investimentos, mídia e mais apaixonados... Todas as escolas de samba buscam semelhantemente ao futebol, patrocínios, trabalhadores. Todas definem claramente seu enredo,  que retrata sua história, exatamente igual a uma grande equipe que busca sua melhor maneira de jogar dentro dos esquemas táticos.

Esse é um tipo de paixão nacional que apenas conseguimos ver no futebol e no carnaval. Têm sua torcida, seus admiradores e pessoas que contribuem pelo simples fato de valer a pena a grande dedicação por parte de muitos para manter viva a sua agremiação.

Como uma equipe de futebol, a escola de samba passa por momentos de desafios. Algumas ainda encaram a falta de sorte nos momentos mais cruciais durante o desfile, quando acontece de quebrar um carro alegórico, exatamente como um time que perde seu melhor jogador durante uma partida, ou por expulsão ou por lesão. Enfim, situações que acabam frustrando a todos participantes.

Essas duas grandes paixões colaboram demais para que o povo brasileiro por alguns momentos esqueça de tantas dificuldades do dia a dia, das corrupções que assolam o nosso país, da falta de perspectivas e de muitas incertezas.

Com a alegria do povo, do futebol e do carnaval, o que nos resta é torcer pelas NOSSAS PAIXÕES NACIONAIS que simplesmente são FENOMENAIS.

Luis Cláudio Tarallo é professor e técnico de basquete
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Shelly Simon canta no Hard Rock Café de Hollywood 

Cantora curte temporada nos Estados Unidos, onde foi gravar um single

O poeta da infância

Por Valquíria Malagoli

Tom Zé, Geraldo Azevedo, Francis Hime… Sesc bombando em setembro

A programação traz ainda Ana de Holanda e Ná Ozzetti, entre outras grandes atrações musicais

108

Por Carlos Pasqualin
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.