Jundiaqui
Jundiaqui

passo a passo

Jundiaqui
14 de setembro de 2019
Por José Renato Forner

é que o pote de ouro não está no final do arco-íris. não, não está.

a travessia é de poucas cores.

atravessamos por pedras, caminhos de entulho e, sim, por vezes, estradas mais coloridas.

o pote de ouro não é o que você quer no momento.

o pote de ouro é além.

o pote de ouro é reposta da vida para o seu caminhar.

e a vida não tem pressa.

a vida não tem tempo, ou o tempo dela é outro.

a tua neurose, tua pequena necessidade, o valor que você acha que tem, não interessa para a vida.

a vida gosta de insistência, a vida gosta de caminhada longa.

e o pote de ouro é destino.

e o destino é moldado passo a passo.

a cada micro segundo uma bifurcação e uma escolha a ser feita.

José Renato Forner é ator e poeta
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Jundiaí tenta quantificar poluição do ar

Por José Arnaldo de Oliveira

Coopercica em temporada de Festival das Flores de Holambra

Veja que linda a loja da Vila Rio Banco, com uma grande variedade de flores e plantas

Festa dos 20 anos da Valec entrou na balada

Animação marca os festejos da concessionária Renault de Jundiaí

Sair da caverna

Por José Renato Nalini
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.