Jundiaqui
Jundiaqui

Lançamento de livro reúne diferentes gerações de fãs de Erazê

Jundiaqui
2 de dezembro de 2018
Sumara Mesquita comandou concorrida tarde de autógrafos no Koh Samui


Edu Cerioni

Com direito a lágrimas de emoção, beijos, abraços e boas recordações, Sumara Mesquita lançou o livro "Um Beijinho do Erazê", com textos deixados como memória pelo ex-publicitário morto em 2006.

Organizadora das crônicas, poesias e "filosofadas" de Erazê, Sumara reuniu no Koh Samui, na tarde deste sábado (1º), antigos amigos do criador do bloco Refogado do Sandi e também jovens que não o conheceram, mas ouviram de seus pais as grandes histórias do primeiro vereador eleito pelo PT de Jundiaí e que deu aulas durante anos no Sesi e Anchieta.

Um que não conheceu Erazê é José Renato Forner, mas o ator brilhou com uma leitura de um texto sobre essa figura que dá nome à praça ao lado da Ponte Torta e batizou a Tribuna Livre da Câmara Municipal, criada a partir de uma lei sua. A tarde teve ainda um gostoso som de trio comandado por Fredy Fevereiro.

"Um Beijinho do Erazê" é uma coletânia de material que Erazê preparava para um livro, que ele imaginava se chamaria "Palmas Para Mim". Tem ainda pequenos textos de pessoas que ajudam a entender melhor quem foi esse cronista, poeta, escritor, publicitário, filósofo e político que faleceu aos 73 anos.

O livro de 300 páginas saiu pela Editora In House e custa R$ 50,00.

Quem adorou ver o vovô na capa do livro foi Joana, filho de Cássio Martinho, o capoeirista Mestre Rã. Veja essa e outras fotos:

Fotos: Edu Cerioni e Márcio Martelli
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Art no Ar abre festa no Polytheama em novembro

Confira a programação completa para o mês

Natura em clima de aniversário e pronto para Noite dos Namorados

Jaci Dourado Marques comemora niver no bar que vai agitar a terça-feira

Sexta pra recordar figuras de Angeli com os divertidos Parlapatões

Bob Cuspe, Rê Bordosa, Meia Oito e outros personagens ganham espaço no Sesc 

Bar do Já 1.000 tem geladeira turbo inspirada na F1

Boteco no Vianelo reúne amantes de esportes de velocidade. Rubinho Barrichello é o ‘padrinho’ dos brahmeiros dali
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.