Jundiaqui
Jundiaqui

Folia de Reis!

Jundiaqui
16 de fevereiro de 2018
Por Vera Vaia

Em plena folia de Momo, alguns dos nossos “reis” partiram para refúgios distantes, sem fantasia e sem nenhuma preocupação em deixar o país ao Deus dará!

TEMER

...eu tenho uma casinha lá na Marambaia, fica na beira da praia, só vendo que beleza...

Seguindo a inspiração de Henricão e Rubens Campos, nosso presidente foi lá conferir as belezas da, não tão casinha, que fica na Restinga da Marambaia, Estado do Rio, numa área da Marinha. Lugar tranquilo e calmo, preparado para receber presidentes que procuram sossego!

Até aí, tudo bem. É de direito!

Mas para quem queria ficar longe do barulho, Temer conseguiu montar um belo bloco pra levar junto. A princípio se falou em 65 integrantes, mas diante da chiadeira geral, o chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha veio a público desmentir esse número e afirmou que seriam só 40! Ufa, que alivio! Afinal os foliões fantasiadas de médicos, enfermeiros, copeiras, cozinheiras, guarda-costas, guarda-frentes... estavam sendo devidamente remunerados, com o dinheiro público, ou seja, com o nosso!

A imprensa não tinta acesso à praia, porque a polícia costeira não permitia um aproach maior, e daí ficou a dúvida: será que Temer estava mesmo nesse paraíso ecológico ou estava na Paraíso da Tuiuti? Quem garante que ele próprio não vestiu seu melhor terno preto e saiu na avenida disfarçado (disfarçado?) de vampiro?



PEZÃO

O governador do Rio enfiou o pezão na estrada e saiu de fininho, porque ele não é louco nem nada, de ficar exposto a assaltos a mão armada, a arrastões, a balas perdidas, a agressões físicas, etcetera e tal.

Na volta de sua viagem, quando lhe contaram que tudo isso rolou no Rio, espantando turistas daqui e do mundo inteiro, ele disse, em entrevista, que “não estavam preparados. Houve uma falha nos dois primeiros dias, e depois a gente reforçou aquele policiamento.” (Poxa! Como foram espertos! Antes de pensar nisso, deviam estar achando que os bandidos estariam de folga nesse carnaval)!

Pezão finalizou a entrevista dizendo “a gente tem sempre que aprimorar”.
Então, seu pé grande, é só por a ideia em prática! Aprimora aí! Faça um esforço!

CRIVELLA

Por princípios religiosos, o prefeito da Cidade Maravilhosa, Marcelo Crivella, não curte carnaval, então aproveitou o momento para ir à Europa buscar “soluções de Inteligência e Tecnologia para a Segurança Pública”! (Arran)! E se dividindo entre a Áustria, Alemanha e Suécia, gravou um vídeo mostrando todo o seu sofrimento com o frio europeu, mas deu a entender que valia o “sacrifício”, já que a causa era em prol do povo carioca!
(E depois diz que carnaval é que é pecado, não a mentira)!

DÓRIA

João Dória, o prefeito da cidade de São Paulo, esse sim mostrou que não tem medo do povo e saiu no meio dele pra prestigiar o carnaval. No Rio!
(Quem disse que não tinha prefeito na Sapucaí)?



E agora que o samba acabou, todos voltam para casa e assumem seus tronos! E tudo volta ao normal: os assaltos, os arrastões, os tiroteios...
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Toda a sensibilidade dos cegos para a fotografia

Antonio Scarpinetti promove curso e apresenta exposição inovadora em Campinas

Robertinho do Recife e Lucky Leminski no Sesc

Guitarrista terá a seu lado vocalista original do Metalmania nos anos 80

Dia da Mulher

Por Kelly Galbieri

Tite: um jogo mudou a história

Por Luis Cláudio Tarallo
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.