Jundiaqui
Jundiaqui

Jundiaí vê o fim da dupla Zé Henrique e Gabriel

Jundiaqui
29 de dezembro de 2017
Músicos que moram na cidade anunciam o fim da parceria que durou mais de 21 anos

Zé Henrique e Gabriel vão seguir caminhos distintos a partir de 2018. Até 30 de abril cumprem a agenda de shows, mas depois estarão separados. Dupla que mora em Jundiaí há mais de uma década, coloca ponto final em uma história cheia de sucessos.

O anúncio da separação surpreendeu o meio musical nesta quinta-feira (28). Zé Henrique, morador do Centro e que nasceu no Mato Grosso, e Gabriel, da Vila Progresso e natural de Goiás, têm na banda o baterista e o baixista de Jundiaí, assim como dois técnicos de som.



Com 40 milhões de visualizações em seu canal no YouTube, Zé Henrique e Gabriel fizeram sucesso recente com "Um louco", interpretada por Marília Mendonça, e "Casa comigo", com Maiara e Maraisa.

João Rodrigues da Silva Júnior, o Zé Henrique, e Odailton Chagas Alves, o Gabriel, têm composições gravadas também por Milionário & José Rico, Sérgio Reis, Chico Rey & Paraná, Gian e Giovani, Rick & Renner, Daniel, Rionegro & Solimões, Leonardo, Bruno & Marrone, Zezé Di Camargo & Luciano e Jorge & Mateus.

No Facebook, escreveram: "Informamos que a dupla Zé Henrique e Gabriel tá com data marcada para encerrar a parceria. Iremos cumprir toda a agenda de compromissos até o dia 30 de abril de 2018.

Entre risos e lágrimas, derrotas e vitórias foram quase 22 anos de história, 10 CDs e 4 DVDs.

Uma parceria firmada em sinceridade, respeito, amizade e muitas canções.

Agradecemos a Deus, em primeiro lugar, por até aqui nos sustentar e nos permitir viver do que amamos. As nossas famílias que sempre nos apoiaram e também a todos os nossos fãs que fizeram o possível e até o impossível às vezes, para nos colocar no lugar que alcançamos...

Encerramos assim um ciclo, deixando um registro maravilhoso que é o DVD 'HISTÓRICO', mostrando um pouco da nossa trajetória, do carinho e das amizades que ganhamos durante esses anos...

Zé Henrique e Gabriel seguem cada um seu caminho, mas sempre torcendo e desejando o melhor um para o outro, em todas as áreas da vida, pois é assim que amigos e irmãos fazem".
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Sesão reinaugura e faz homenagem a Ernesto do polo

Novo conjunto aquático ganha o nome de Balneário Ernesto Staeheli Neto

Aventura sobe pelas paredes no Gravidade Zero

Espaço inaugura seu Centro de Treinamento de Técnicas Verticais na Vila Municipal

Quinta tem Gala do La Bella Arte no Polytheama

Escola de dança leva ao palco cerca de vinte coreografias de balé, jazz…

Pai & mestre

Por José Renato Nalini
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.