Jundiaqui
Jundiaqui

Orquestra Municipal abre temporada de encontros

Jundiaqui
1 de maio de 2019
Vão ser grandes momentos nesta temporada, que vai contar com solistas como Fabio Zanon

José Arnaldo de Oliveira

A presença do pianista Eduardo Monteiro como convidado em trechos escolhidos de Roberto Schumann (1810-1856), no concerto da Orquestra Municipal de Jundiaí do sábado (27), em um Teatro Polytheama bastante repleto de público não é uma exceção. A temporada aberta pela regente Cláudia Feres vai ter essa marca até o fim do ano.

No dia 1º de junho o destaque vai para a flauta de Marcelo Barboza e os violinos de Pedro Della Rolle, Marcos Scheffel, Justo Gutierrez Quiñones e Mayra Pezzuti sobre peças de Telemann (1681-1767). No dia 30 de junho uma versão para crianças e famílias recebe como narradora convidada a atriz Carla Candioto para as histórias de Prokofiev (1891-1953).

Em seguida, no dia 10 de agosto, a orquestra recebe a soprano Thayana Roverso e o Coral Municipal regido por Vasti Atique para um repertório que destaca Villani-Cortes. E o dia 7 de setembro recebe como convidado um dos músicos locais mais conhecidos no mundo erudito, o violonista Fábio Zanon, com obras como de Joaquín Rodrigo (1901-1999).

No dia 12 de outubro, feriado, é a vez do violoncelo de Heloísa Meirelles voltar à cidade como convidada em obras como de Edvard Grieg (1843-1907). No dia 9 de novembro a parceria é com a Cia. Jovem de Dança, dirigida por Alex Nunes, no renomado Bolero, de Ravel (1875-1937). E nos dias 13 e 14 de dezembro, no aniversário do teatro e da cidade, a orquestra se junta ao coral, à companhia de dança e à companhia de teatro em uma programação especial que está sendo definida.

Com 16 violinos, cinco violas eruditas, cinco violoncelos e dois contrabaixos envolvidos na temporada, mais coordenador técnico e musicotecária – além da regente – a Orquestra Municipal chega a seus dez anos como um dos corpos estáveis do Teatro Polytheama – e quase um manifesto sonoro pela importância da cultura.

Parece até coerente a temporada ter sido aberta com um complemento do lado pop ocorrendo em outra parte da cidade, o Teatro do Sesc, com “Raul” organizada por José Renato Forner com o som da banda Rock Seixas. A variedade de convidados da orquestra neste ano promete estimular outras áreas da cultura – a começar pelas artes plásticas, com o programa impresso homenageando a memória de Marcelo Camunhas com algumas de suas ilustrações.

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Agora já são 15 escolas com alunos no projeto Guardiões das Águas

Dia do Meio Ambiente foi marcado pelo plantio de mudas de árvores

DIA DA MULHER / Dona Mercedes acelerou a solidariedade em Jundiaí

Criadora da Feira da Amizade trouxe até o presidente da República para cá

O coroinha do bispo

Por Nelson Manzatto

Governador não quis saber de assinar ofício do Grendacc

Verci Butalo bem que tentou fazer com que Alckmin engrossasse a lista de apoio ao Hospital da Criança
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.