Jundiaqui
Jundiaqui

Orquestra Municipal abre temporada de encontros

Jundiaqui
1 de maio de 2019
Vão ser grandes momentos nesta temporada, que vai contar com solistas como Fabio Zanon

José Arnaldo de Oliveira

A presença do pianista Eduardo Monteiro como convidado em trechos escolhidos de Roberto Schumann (1810-1856), no concerto da Orquestra Municipal de Jundiaí do sábado (27), em um Teatro Polytheama bastante repleto de público não é uma exceção. A temporada aberta pela regente Cláudia Feres vai ter essa marca até o fim do ano.

No dia 1º de junho o destaque vai para a flauta de Marcelo Barboza e os violinos de Pedro Della Rolle, Marcos Scheffel, Justo Gutierrez Quiñones e Mayra Pezzuti sobre peças de Telemann (1681-1767). No dia 30 de junho uma versão para crianças e famílias recebe como narradora convidada a atriz Carla Candioto para as histórias de Prokofiev (1891-1953).

Em seguida, no dia 10 de agosto, a orquestra recebe a soprano Thayana Roverso e o Coral Municipal regido por Vasti Atique para um repertório que destaca Villani-Cortes. E o dia 7 de setembro recebe como convidado um dos músicos locais mais conhecidos no mundo erudito, o violonista Fábio Zanon, com obras como de Joaquín Rodrigo (1901-1999).

No dia 12 de outubro, feriado, é a vez do violoncelo de Heloísa Meirelles voltar à cidade como convidada em obras como de Edvard Grieg (1843-1907). No dia 9 de novembro a parceria é com a Cia. Jovem de Dança, dirigida por Alex Nunes, no renomado Bolero, de Ravel (1875-1937). E nos dias 13 e 14 de dezembro, no aniversário do teatro e da cidade, a orquestra se junta ao coral, à companhia de dança e à companhia de teatro em uma programação especial que está sendo definida.

Com 16 violinos, cinco violas eruditas, cinco violoncelos e dois contrabaixos envolvidos na temporada, mais coordenador técnico e musicotecária – além da regente – a Orquestra Municipal chega a seus dez anos como um dos corpos estáveis do Teatro Polytheama – e quase um manifesto sonoro pela importância da cultura.

Parece até coerente a temporada ter sido aberta com um complemento do lado pop ocorrendo em outra parte da cidade, o Teatro do Sesc, com “Raul” organizada por José Renato Forner com o som da banda Rock Seixas. A variedade de convidados da orquestra neste ano promete estimular outras áreas da cultura – a começar pelas artes plásticas, com o programa impresso homenageando a memória de Marcelo Camunhas com algumas de suas ilustrações.

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Estudar tudo o que envolve o resultado no futebol

Por Marcel Capretz

Gebram tem cotação online do Seguro Viagem

  Contratação contribue para férias mais tranquilas, sobretudo para quem pretender viajar para fora do Brasil

Tainá Paixão, a jundiaiense que é ouro no basquete do Pan

Ela defendeu o Divino, assim como Aline Moura, Isabela Ramona e Tatiana Pacheco, que brilharam em Lima

Movimento Trans

Por Kelly Galbieri
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.