Jundiaqui
Jundiaqui

Rudá Franco, formado nas piscinas do CJ, disputa Pan de Lima

Jundiaqui
3 de agosto de 2019
Jogador é esperança do Brasil de ganhar medalha e vaga para os Jogos Olímpicos 2020

Aos 33 anos, Rudá Franco dá toque de experiência para a seleção brasileira de polo aquático na disputa dos Jogos Pan-Americanos de Lima, no qual o time estreia neste domingo (4).

Depois de passar seis meses na Grécia, defendendo o N.O. Chios, Rudá voltou para o Sesi-SP e é esperança de gols para o Brasil na luta por medalhas e, mais importante, por vaga nos Jogos Olímpicos de 2020.

Nascido em Bauru, veio para cá ainda criança e descobriu o polo com o saudoso Ernesto Staeheli Neto no Clube Jundiaiense. Daqui foi ao time do Sesi-SP, depois para a Espanha, onde defendeu longos anos os times do Club Deportivo Waterpolo Turia (Valência) e Waterpolo Navarra. Pela seleção faz seu terceiro Pan, tendo sido medalha de bronze em 2011. Jogou também a Olimpíada de 2016 no Rio.O torneio de polo aquático dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019 será classificatório para a Olimpíada de Tóquio. Os jogos acontecem entre os dias 4 e 10 de agosto com oito equipes: Argentina, Brasil, Canadá, Cuba, Estados Unidos, México, Peru e Porto Rico.

Fotos: Divulgação/COB
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Honestidade é pressuposto

Por José Renato Nalini

Festa da Uva em 430 fotos: alegria que contagia pelo olhar

JundiAqui traz um álbum da festa com centenas de pessoas que estão curtindo nossa tradição com muita animação

Peixe pequeno, grandes memórias

Pelo chef Manuel Alves Filho

Cidade vai ganhar museu de anatomia da FMJ

No aniversário da faculdade, diretor anuncia construção da Unidade 3, que deve levar um ano
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.